A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/07/2015 19:53

Consórcio se manifesta sobre reajuste de tarifa ao fim do contrato

Ricardo Campos Jr.
Usuários aprovam redução imediata na tarifa de ônibus (Foto: Vanessa Tamires)Usuários aprovam redução imediata na tarifa de ônibus (Foto: Vanessa Tamires)

Agereg (Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos) e o Consórcio Guaicurus só vão se manifestar sobre a redução na tarifa de ônibus em novembro, quando vence o contrato entre a empresa e o município. Redução no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do óleo diesel poderia baratear a passagem em R$ 0,15 a R$ 0,20.

O combustível representa 25% da composição do valor do passe. Os vereadores Eduardo Romero (PTdoB) e Chiquinho Telles (PSD) defendem redução imediata. No entendimento dos parlamentares, se a concessão permite que o preço suba antes do vencimento do contrato por motivos excepcionais, também permite a redução.

A população, que atualmente paga R$ 3 para usufruir do transporte público, cobra a diminuição imediata, já que a empresa já está se beneficiando da queda no imposto.

“Para quem pega ônibus todos os dias e tem família, R$ 0,20 pode ser um pão a mais na mesa. Se já reduziram o combustível, por que não reduzir o valor da passagem?”, questiona a faturista Mônica Corvalan, 22 anos.

O mesmo pensa a dona de casa Maria Eliane da Rosa Silva, 51 anos. “Acho que já deveria diminuir agora. Para quem pega ônibus todos os dias, está complicado. R$ 0,20 faz uma diferença grande no fim do mês”, afirma.

Já o biólogo Vinícius Manvailer, 23 anos, afirma que se está previsto no contrato uma revisão anual, nada é mais justo que respeitar as cláusulas e rever o preço somente no fim do ano. “Essas decisões não podem ser tomadas de um dia para a noite”, pontua.

A redução da alíquota do ICMS de 17% para 12% foi apresentada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na Assembleia Legislativa e aprovada no dia 25 de junho. A expectativa é de que o litro do combustível fique, pelo menos, R$ 0,15 mais barato.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions