A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

01/09/2016 07:16

Corpo de mulher é encontrado com sinais de pauladas e marido é preso

Viviane Oliveira e Julia Kaifanny
Gelvio e Luana posam para foto. Ele foi preso na noite de ontem na casa dos pais dele. (Foto: reprodução Facebook) Gelvio e Luana posam para foto. Ele foi preso na noite de ontem na casa dos pais dele. (Foto: reprodução Facebook)

Mulher de 22 anos foi encontrada morta em casa, na noite de ontem (31), na Rua São Thomas, na Vila Santa Luzia, em Campo Grande. Luana de Campos Grecco tinha marcas de pauladas pelo corpo, principalmente na região da cabeça. A polícia acredita que ela foi morta na sexta-feira (26). O principal suspeito de ter cometido o crime, Gelvio Nascimento Rosseto, 26 anos, marido da vítima, foi preso na casa da mãe dele.

A Polícia Militar foi acionada depois que vizinhos começaram a sentir cheiro forte vindo da residência. No local, os militares conseguiram entrar no imóvel e encontraram o corpo de Luana, com hematomas na cabeça e vários ferimentos pelo corpo, em um dos cômodos. Na casa havia muito sangue nas paredes e no chão.

O corpo de Luana estava em decomposição. Testemunhas contaram que o último dia que Luana foi vista foi na sexta-feira, mesmo dia em que teve uma briga com o marido, Gelvio. Vizinhos relataram ainda que viram o suspeito pulando o muro da residência junto com outro homem. Tudo indica, conforme a polícia, de que a mulher foi morta a pauladas.

Depois de informações de testemunhas, os policiais foram até a casa dos pais de Gelvio. Lá, o suspeito foi preso, mas negou o crime. Segundo uma amiga da vítima, Luana sofria violência doméstica, mas nunca tinha registrado o caso na delegacia. Ela morava junto com o rapaz há 3 anos. Os vizinhos relataram ainda que Gelvio é usuário de drogas. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions