A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

03/02/2012 13:42

Corpo de travesti morta após cirurgia plástica será enterrado no Mato Grosso

Paula Maciulevicius

A família de Pabrícia é de Mato Grosso e a travesti veio da Itália ao Brasil para fazer a cirurgia em Campo Grande e visitar os parentes em Cuiabá

Polícia investiga se houve complicação do procedimento ou negligência médica. (Foto: Arquivo de família)Polícia investiga se houve complicação do procedimento ou negligência médica. (Foto: Arquivo de família)

O corpo da travesti Pabrícia, 26 anos, morta depois de uma lipoescultura no hospital São Lucas, em Campo Grande, deve chegar por volta das 15h na cidade de Nobres, no Mato Grosso, onde será sepultado. As informações são da funerária da funerária que está fazendo o transporte.

A família de Pabrícia é de Mato Grosso e a travesti veio da Itália ao Brasil para fazer a cirurgia em Campo Grande e visitar os parentes em Cuiabá.

No registro civil, o nome dela é Rosenildo Martins. A cirurgia durou cerca de quatro horas, mas as complicações vieram depois, com uma queda de pressão, segundo informou o cirurgião Paulo de Oliveira Lima, que fez o procedimento.

A equipe médica tentou reanimá-la, mas Pabrícia não respodia aos estímulos, segundo ele informou.

O delegado do caso Miguel Said, está investigando se a morte foi causada por uma complicação do procedimento ou negligência.

De acordo com a Polícia e com o hospital, o São Lucas tem estrutura e suporte para este tipo de procedimento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions