A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Novembro de 2019

19/10/2019 18:01

Corpo de violeiro foi lançado a 15 metros de veículo, diz delegado

Violeiro Ivo de Souza morreu um dia antes de comemorar o seu aniversário de 74 anos, na Chácara da Antártica

Adriano Fernandes e Clayton Neves
Veículo Uno do cantor foi completamento destruído. (Foto: Kisie Ainoã) Veículo Uno do cantor foi completamento destruído. (Foto: Kisie Ainoã)

Para a Polícia Civil a chuva desta tarde (19) foi determinante, no acidente que resultou na morte do violeiro Ivo de Souza, no macro anel rodoviário de Campo Grande, na tarde deste sábado (19). De acordo com o delegado Antônio Ribas, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro, o músico foi lançado a 15 metros do veículo após a batida.

O cantor e compositor iria comemorar 74 anos em uma festa na Chácara da Antártica, em Campo Grande, neste domingo (20). O cantor conduzia um Uno, sentido Indubrasil e após aquaplanar, rodou na pista. Em seguida o carro avançou a pista contrária e foi atingido na lateral por um caminhão. “A chuva foi determinante. No momento do acidente a visibilidade não era boa e há indícios de que ambos os veículos não estavam em alta velocidade”, comentou.

Ainda segundo o delegado, um teste preliminar apontou que o cinto estava funcionando normalmente. Mas o corpo de Bombeiros não descarta a possibilidade que ela tenha se soltado com a batida. Os dois veículos pararam a uma distância de cerca de 40 metros, um do outro.

O veículo de Ivo foi atingido por um caminhão de ferragens. No caminhão estavam 3 pessoas que não se feriram. O motorista, Edmar Soares Batista, de 26 anos, passou por teste de bafômetro e não foi atestado embriaguez. Ele e outros dois funcionários de uma empresa que faz montagem de tendas, retornavam de Terenos e seguiam para o assentamento Patagônia. 

Os Bombeiros foram acionados para a ocorrência, mas o cantor morreu no local. Ainda não há informações sobre o local do velório. Devido ao acidente uma longa fila de veículos se formou no local e o tráfego, seguia lento em um dos sentidos.

Movimentação no local do acidente, na tarde deste sábado. (Foto: Kisie Ainoã) Movimentação no local do acidente, na tarde deste sábado. (Foto: Kisie Ainoã)
Delegado Antônio Ribas, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro. (Foto: Kisie Ainoã) Delegado Antônio Ribas, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro. (Foto: Kisie Ainoã)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions