A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/07/2013 18:12

CPI constata falta de médicos e até otoscópio em postos de saúde

Bruno Chaves
Deputados percorreram unidades de saúde da cidade nesta terça-feira (23) (Foto: Marcos Ermínio)Deputados percorreram unidades de saúde da cidade nesta terça-feira (23) (Foto: Marcos Ermínio)

Infraestrutura precária, falta de médicos e até de equipamentos como o otoscópio – que serve para observar o interior da orelha – foram os principais problemas constatados nas unidades municipais de saúde de Campo Grande. A constatação foi feita pelos deputados da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde da Assembleia, nesta terça-feira (23).

Na Unidade Básica de Saúde do Nova Bahia (Dr. Gunter Hans), por exemplo, os parlamentares descobriram que não existe atendimento médico. No local, apenas duas enfermeiras lidam com os pacientes, mas só durante o dia, já que a noite não existe expediente.

No Centro Regional de Saúde Nova Bahia, que fica no mesmo prédio da unidade básica, funcionários relataram aos deputados Amarildo Cruz (PT), presidente da CPI, e Junior Mochi (PMDB), relator, que 12 clínicos gerais atendem a população nos três períodos do dia. Já o pediatra do local só trabalha a noite. Ou seja, durante o dia, os pais da região não têm como encaminhar os filhos para atendimento de emergência no local. 

Ao visitarem a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Coronel Antonino, os parlamentares descobriram que 7 clínicos gerais atendem pacientes. Porém, para os funcionários da unidade, mais médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem deveriam atuar no local.

Do outro lado da cidade, no Centro Regional de Saúde das Moreninhas III, a CPI encontrou uma situação caótica. Lá, o prédio é antigo e oferece poucas condições de atendimento médico. Os pediatras só atendem de segunda a quinta-feira e os pacientes psiquiátricos têm dificuldades em conseguir atendimento.

Segundo os funcionários do local, a unidade não recebe melhorias na infraestrutura porque ao lado do prédio está sendo erguida a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) das Moreninhas. Outra reclamação de quem vai ao centro regional da região é a questão da fila. As pessoas que aguardam atendimento são obrigadas a ficarem do lado de fora do prédio, onde ficam expostas as condições climáticas, como chuva e frio.

No Centro Regional de Saúde do Aero Rancho, funcionários relataram aos deputados que o local não possui colchões para pacientes. Os que estragaram foram jogados no pátio e não foram recolhidos pela prefeitura. As janelas estão emperradas e existem buracos de aparelhos de ar condicionado que não foram tapados.

O centro também sofre com a falta de desfibrilador, que estragou e foi mandado para conserto, mas até o momento não retornou. A unidade trabalha com um desfibrilador emprestado e não possui otoscópio.

A falta de pediatras também assola o Aero Rancho. A especialidade só é oferecida de quinta-feira a domingo no período noturno.

Depois das visitas, os deputados decidiram que irão solicitar à Prefeitura de Campo Grande, pode meio da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), documentos que comprovem a escala dos médicos nas unidades de saúde da cidade, além de pedirem informações sobre equipamentos em todas as unidades e sobre os problemas com colchões no Aero Rancho.



Esses vereadores e deputados, diga-se de passagem a maioria deles, tão fazendo o quê? que cpi o quê. os "membros da cpi" tão vistoriando o quê? vai sair uma lista do que está faltando nas unidades de saúde? os cara fica só falando o que nós já sabemos, e a muito tempo, eles tem mais é que parar com essa babaquice de cpi e fazer algo de concreto para a população, apoiar o executivo (prefeitura), assim, estarão fazendo algo interessante. lembrando a palhaçada de cpi só agora, nas gestões anteriores esses mesmos vereadores e deputados não fizeram nada, só ficavam babando ovo.agora querem aparecer como sendo políticos sérios.
 
silva souza em 24/07/2013 11:03:18
Nao tem otoscopio e muito menos sonar nas unidades. Falta materiais pra trabalho, condicoes de trabalho, pessoal e equipamentos
 
Andre Luis em 24/07/2013 10:05:13
médicos de outros países urgente., a população clama.
 
joelma rodrigues em 24/07/2013 10:00:11
alem de faltar médicos, alguns estão tao bem informados que prescrevem medicamentos que não existem, ontem no posto guanandi, a medica prescreveu PROPANOLOL 20 MG, so se ela fabrica tal medicamento, ainda não querem médicos de outro pais, quem sabe melhoraria, claro que existe exceções.
 
cicero batista em 24/07/2013 09:43:57
POLÍTICOS NÃO PRESTAM PRA NADA! FAZEM TEATRO E O POVO APLAUDE. SÓ ISSO.
VOTO NULO É A SOLUÇÃO. 000 E CONFIRMA.
 
ERALDO CAMPOS em 24/07/2013 09:04:17
Os políticos, em Campo Grande estão trabalhando como nunca antes visto. Eu to gostando de ver! To até pensando em renovar meu voto no tar de Bernar, em 2016, pelo tanto que estou empolgado com a atuação dos políticos. Estou cada dia mais convencido de que foi bom demais, ter votado nesse tar de Bernar. O omi está operando verdadeiros milagres. Quem nunca falou, está falando, Quem nunca ouviu, está ouvindo. Quem nunca andou, está andando, Quem nunca perguntou, está perguntando, Eu não sabia que ia ser tom bom assim, sô. Eta trem bom demais da conta.
 
JOSÉ NASCIMENTO em 24/07/2013 08:54:17
Nossa! descobriram roda! porque só agora? pq não na adm. passada?
 
joao de deus em 24/07/2013 08:40:26
Vamos caçar o bernal por falta de otoscópio que por sinal è desde o tempo do pucinelli que não tem o tal do otoscópio
 
clodoaldo lemes de souza em 24/07/2013 08:39:25
Mais uma prova viva e Oficial de que a Presidente da República está certa em contratar médicos para onde não tem. Quem é contra essa medida é do Mal. Chega a ser nojento ver passeata contra melhoria de quem está sofrendo. Há um pequeno grupo maligno que luta para dominar as ações.
 
luiz alves em 24/07/2013 07:36:04
E o Bernal? será que ele mora em Paris? se não me engano na campanha ele disse assim "As Pessoas em Primeiro Lugar", isso ficou no passado, agora estamos no presente e o futuro vai ser bem pior.
 
Carlos Filho em 23/07/2013 20:21:36
Gente por favor isso e brincadeira não é?
Precisa de CPI para constatar isso?
O Dinheiro dos impostos que pago e é usado para pagar o salário de um deputado para ele fazer isso?Coisa que a população ja denuncia e todo mundo ja sabe.
Pelos altos salários que eles ganham deveriam fazer algo mais importante do que constatar o que ja e verídico deveria era resolver.
 
Edson Carlos em 23/07/2013 20:07:58
Se forem nos postos verificarem e anotarem tudo o que falta constatarão que o sistema de saúde na cidade faliu! No 24 horas do Coophavila 2 falta até papel toalha para os funcionários secarem as mãos e o almoço dos mesmo veio com uma lagarta na salada e uma barata no tabule. Agora me diguem se falta o coisas baratas porque eles (políticos) gastariam com médicos? Políticos só usam hospitais particulares e o povo que se lasque! O pior de tudo é que em todas as eleições o povo vota em algum político(98% deles são iguais muda só o partido!) e por isso sempre anulo meu voto ja que é melhor que eleger um ladrão! ACORDA POVÃO!!!
 
Alexandre de Souza em 23/07/2013 19:41:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions