A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

14/08/2013 08:49

CPI da Saúde ouve ex-secretário municipal de Saúde nesta quinta-feira

Evelyn Souza

Está marcado para está quinta-feira (15) o depoimento do ex-secretário municipal de saúde de Campo Grande, Leandro Mazina, na CPI da Saúde.

Mazina foi secretário da Capital durante a gestão do ex-prefeito NelsonTrad Filho. Os parlamentares querem confrontar informações e apurar possíveis contradições feitas durante o depoimento do atual secretário de saúde, Ivandro Fonseca.

A oitiva está marcada para às 14h, na Assembleia Legislativa.

CPI da Saúde em MS

A CPI da Saúde em MS foi criada no dia 23 de maio deste ano. Os parlamentares querem saber como estão sendo feitos os repasses dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) para unidades hospitalares de Campo Grande, Corumbá, Paranaíba, Dourados, Três Lagoas, Jardim, Coxim, Aquidauana, Nova Andradina, Ponta Porã e Naviraí. A investigação apura os repasses e convênios feitos nesses municípios nos últimos cinco anos.

A Comissão Parlamentar de Inquérito tem 120 dias para apurar as possíveis irregularidades. Prazo que pode ser prorrogada por mais dois meses.

Já foram ouvidos a ex-secretária estadual de Saúde, Beatriz Dobashi, o secretário municipal de Saúde de Campo Grande, Ivandro Fonseca, o presidente da Santa Casa da Capital, Wilson Teslenco, os ex-diretores do Hospital Universitário, José Carlos Dorsa, e do Hospital Regional de Campo Grande, Ronaldo Perches Queiroz.

Também foram ouvidos pelos parlamentares os ex-integrantes da Junta Interventora da Santa Casa de Campo Grande, Antonio Lastória, Nilo Sérgio Laureano Leme e Issan Moussa, o diretor-presidente do Hospital do Câncer, Carlos Alberto Moraes Coimbra, e o ex-presidente do Conselho Estadual de Saúde, Florêncio Garcia, além de gestores e conselheiros municipais de saúde nas cidades de Dourados, Coxim, Aquidauana e Jardim.

A CPI é composta pelos deputados Amarildo Cruz, Lauro Davi (PSB), Junior Mochi (PMDB), Maurício Picarelli (PMDB) e Onevan de Matos (PSDB).

Denúncias: Para ajudar no trabalho de investigação, os deputados criaram um e-mail onde a população pode denunciar irregularidades nas unidades hospitalares do Estado.

O endereço é cpisaude@al.ms.leg.br.

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions