A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/05/2014 16:09

Criança de 5 anos leva trouxa de maconha de presente à professora

Lidiane Kober

Uma criança, de 5 anos, levou de presente, na manhã desta segunda-feira (19), um “trouxinha” de aproximadamente 10 gramas de maconha à professora, em uma escola municipal de Campo Grande. O caso parou no Conselho Tutelar e na DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente).

De acordo com informações do Conselho Tutelar da Região Sul, a denúncia chegou, por volta do meio-dia, através da Guarda Municipal, que foi acionada pela direção da escola. A criança, conforme a conselheira Cassandra Szuberski, sabia que o presente se tratava de “doga, de maconha”, palavras do aluno.

O pequeno também revelou à professora que a polícia costumava ir à sua casa a procura de entorpecentes. “Para a criança, entregar drogas era algo comum, uma coisa boa”, concluiu a conselheira.

Com o apoio de toda a equipe da região Sul, Cassandra foi em busca dos responsáveis pela criança e constatou “extrema situação de vulnerabilidade da família”. “Alguns já foram presos por tráfico de drogas”, contou.

Diante dos problemas, o Conselho Tutelar acolheu o aluno e seus irmãos. Foram levados ao S.O.S. Abrigo, três crianças, de 1 a 5 anos, além de duas adolescentes, de 15 e 17 anos. “Eles vão ficar sob a tutela da Vara da Criança”, explicou Cassandra.

Na espera policial, o caso está no comando da delegada Regina Motta. A reportagem a procurou, mas ela não retornou às ligações telefônicas para dar mais detalhes do caso.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Concordo plenamente com você Maximiliano!!! Agora o triste em tudo isso é que esta criança, bem como as demais que vivem em tal situação hoje não têm nenhuma culpa e mesmo assim crescem com valores totalmente invertidos achando que o que estão fazendo é certo e até mesmo "bom"!!!!
 
Everton Oliveira em 20/05/2014 06:52:58
Não é tão absurdo, é a realidade que vivemos em nosso pais mas a maioria da sociedade prefere fingir que não existe, se meu pai cria galinhas eu vou levar ovos para minha professora, se ele vende frutas, levo uma maçã, se o pai é traficante...
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 19/05/2014 17:51:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions