A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/10/2013 08:14

Curiós e bicudos disputam território neste domingo na Capital

Aliny Mary Dias
Torneio realizado ano passado reuniu grande número de competidores em Campo Grande (Foto: Simão Nogueira/Arquivo)Torneio realizado ano passado reuniu grande número de competidores em Campo Grande (Foto: Simão Nogueira/Arquivo)

Campo Grande recebe neste domingo (20) a 4ª etapa do Torneio Interestadual de Curiós e Bicudos. A organização da competição espera reunir mais de 400 pássaros de criadores de pelo menos cinco estados.

Luiz Flavio de Oliveira integra a diretoria do Clube Ornitológico de Campo Grande e explica que o torneio será na modalidade fibra, quando os pássaros cantam para limitar o território de cada um.

A competição é composta de eliminatórios e ao fim 20 pássaros são eleitos os vencedores. Os criadores que chegarem à final receberão troféus.

Luiz explica ainda que só criadores cadastrados no clube e com registro no Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Os curiós e bicudos que participam da competição são criados em cativeiros e anilhados.

“Não pode participar qualquer pessoa que cria um pássaro. São criadores legalizados no Ibama e com os animais que vivem em cativeiro”, explica o integrante da diretoria do clube.

Além dos sul-mato-grossenses, competidores de Mato Grosso, Goiás, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro também virão a Campo Grande para participar do concurso. Os pássaros que costumam vencer as competições custam cerca de R$ 250 mil, porém, os animais não são comercializados durante o torneio.

Serviço: A 4ª etapa do torneio será realizada a partir das 8 horas do domingo no ginásio do colégio Status, localizado na Rua Pedro Davi de Medeiros, 210, no Jardim Paulista. Mais informações podem ser obtidas no telefone 91226119.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Célio Floriano popular Lezo,CRIADOR DE CURIO APRECIA OS TORNEIO Q DEMONSTRA AS QUALIDADE DO CANTO E HABILIDADE DOS PASSÁROS..
 
ge rodrigues em 13/01/2014 11:23:15
As pessoas que criam passarinhos em cativeiros tentam justificar sua atividade com a desculpa de que estão protegendo as espécies ameaçadas de extinção. ISTO É UMA MENTIRA DESLAVADA!!! Criam por que sentem um prazer egoista de ouvir os cantar dos passarinhos presos nas gaiolas! Para combater este argumento esdrxulo, imaginei uma historia fictícia: um extraterrestre, ao se aproximar da Terra com sua espaçonave, ouviu um terráqueo cantando. Maravilhado com a voz do ser, o sequestra e leva para o seu mundo. Lá, a pessoa fica presa, recebendo alimentos da melhor qualidade, com a obrigação de cantar para os seus sequestradores. PERGUNTO: SERÁ QUE ELA FICARÁ FELIZ? A mesma pergunto para os "ornitólogos": será que os passarinhos são felizes?
 
Eugênio de Souza em 18/10/2013 08:31:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions