A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

21/09/2016 16:06

De recurso especial à tutela provisória, evento da OAB debate novo código

Christiane Reis
As palestras ocorreram nos períodos da manhã, tarde e noite. (Foto: Divulgação)As palestras ocorreram nos períodos da manhã, tarde e noite. (Foto: Divulgação)

Palestrantes renomados debatendo as novas regras do CPC/2015 (Código de Processo Civil), em vigor desde março deste ano. Esta é a síntese do primeiro Simpósio do Novo Código de Processo Civil, que tratou de temas específicos como Recurso Especial e Extraordinário até Tutela Provisória e Novas Regras de Competência Internacional na nova norma.

O simpósio, gratuito para advogados e estudantes de direito, foi realizado nesta semana pela OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil - seccional Mato Grosso do Sul) e ESA/MS (Escola Superior de Advocacia de Mato Grosso do Sul) no Centro de Convenções Rubens Gil Camilo. Durante os períodos da manhã, tarde e noite, cerca de 2 mil pessoas passaram pelo local.

Para o presidente da OAB/MS, Mansour Karmouche, a prioridade desta gestão é investir no segmento cultural, criando parcerias para minimizar custos financeiros ao advogado, que já paga a sua anuidade.

“Nosso interesse na área educacional permite que haja esse intercâmbio para o fortalecimento de toda advocacia sul-mato-grossense, com a participação dos melhores profissionais do universo jurídico brasileiro nos debates. A integração da advocacia com a sociedade é muito importante para aprimorar as instituições e solidificar o estado como um dos maiores celeiros de advogados no país”, afirma.

No mesmo sentido, o diretor tesoureiro da OAB/MS e coordenador do evento, Stheven Razuk, reforça que a seccional tem como um dos objetivos investir em conhecimento. "No ano de vigência do novo CPC, a Ordem tinha o dever de oferecer à comunidade jurídica um debate de nível intelectual elevado sobre as novas regras processuais. Conseguimos fazer isso a custo zero para o advogado e sem onerar a instituição, devido a captação de patrocínios”, declarou.

Para o diretor-geral da ESA/MS e também coordenador do evento, Ricardo Pereira, o simpósio superou as expectativas. “Atingiu um bom público, tanto de advogados quanto de acadêmicos com temas pertinentes que buscam sempre fomentar o debate sobre o NCPC”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions