A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

12/04/2015 15:58

De verde e amarelo, cerca de 300 aguardam o início dos protestos

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Pessoas pedem a saída da presidente Dilma do poder e o fim da corrupção. (Foto: Marcelo Calazans)Pessoas pedem a saída da presidente Dilma do poder e o fim da corrupção. (Foto: Marcelo Calazans)
Famílias, idosos e crianças estão na concentração. (Foto: Marcelo Calazans)Famílias, idosos e crianças estão na concentração. (Foto: Marcelo Calazans)

Cerca de 300 pessoas estão reunídas na praça do Rádio Clube, em Campo Grande, aguardando o início do protesto, previsto para às 16h. Dois movimentos fazem a organização do evento e esperaram reunir mais de 30 mil pessoas hoje. Alguns falam até em 150 mil pessoas nas ruas da Capital.

A estimativa de 300 pessoas no local foi feita pela PM (Polícia Militar). A todo momento pessoas chegam para a concentração na praça, entre elas, muitas famílias, crianças e idosos. A grande maioria pede a saída da presidente da República Dilma Rousseff (PT), do poder.

A maioria veste a camisa do Brasil ou roupa verde e amarela. As placas e bandeiras pedem a o impeachment de Dilma Rousseff, o fim da corrupção e a redução de impostos. Alguns, mais extremistas, desejam que o PT (Partido dos TRabalhadores) seja extinto da política brasileira.

Dois trios elétricos organizam e animam os manifestantes e frases como "Vermelho não faz parte do nosso Brasil, vamos tirar os Petralhas", são ouvidas o tempo todo. A organização fica a cargos dos movimentos "Chega de Impostos" e "Pátria Livre", que irá distribuir 600 bandeiras pelo trajéto.

Para a representante do movimento "Chega de impostos", Juliana Gaioso diz que entre as reivindicações, eles querem mostrar para a população que a reforma que as entidades (OAB, CNBB e PT) estão propondo não é boa para o país, ja que traz benefícios para políticos. O movimento dela pede a expulsão do PT e o impeachment da presidente.

Já Antonio Carlos Sales, representante do movimento "Pátria Livre", afirma que eles pedem a retirada do PT da política brasileira, a defesa da democracia e o fim da corrupção. "Entre os pontos é que essa reforma pretende colocar conselhos sociais para discutir a política brasileira, como a CUT, Ongs e movimentos de esquerda. Eles querem substituir a representação que hoje é do Congresso".

Protesto - Para facilitar o trânsito durante a passeata, foram criadas quatro alas para o tráfego dos veículos que irão se juntar a passeata. São aguardados mais de 300 motociclistas, dez jipes e 20 caminhões, além de guinchos. Aviões também devem realizar sobrevoos sobre os manifestantes.

Assim como ocorreu na passeata do dia 15 de março, aviões deverão fazer novamente sobrevoos sobre o público que vai participar da passeata. Os organizadores do movimento “Chega de Mentiras. Fora Dilma”, esperam reunir pelo menos 30 mil pessoas.



VEM PRA RUA
Se não o BRasil vai virar uma nova Venezuela
 
wild em 12/04/2015 16:19:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions