ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Debaixo de chuva e algemado, 'Coreia' sai de presídio com toalha na cabeça

Por Viviane Oliveira e Marcus Moura | 01/02/2017 11:06
Algemado e com toalha na cabeça cobrindo o rosto, Ricardo Moon é levado para Agepen, onde deve colocar a tornozeleira e ser liberado (Foto: André Bittar)
Algemado e com toalha na cabeça cobrindo o rosto, Ricardo Moon é levado para Agepen, onde deve colocar a tornozeleira e ser liberado (Foto: André Bittar)

Debaixo de chuva, algemado e com uma toalha escondendo o rosto, o policial rodoviário federal Ricardo Hyun Su Moon, 47 anos, saiu às 10h35 do Centro de Triagem Anísio Lima, no complexo penitenciário do Jardim Noroeste, em Campo Grande.

O policial, que teve a liberdade provisória concedida pela Justiça na tarde de ontem (31), foi levado em uma viatura de escolta da Polícia Militar para uma unidade da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), onde deve colocar a tornozeleira eletrônica e, em seguida ir para a casa. O advogado Renê Siufi, que faz a defesa de Moon, não acompanhou a saída dele.

Segundo informações apuradas pelo Campo Grande News, dois policiais rodoviários federais em um veículo Honda City descaracterizado estavam no Centro de Triagem acompanhando a movimentação da saída do colega de farda. 

Um mês após o crime, a Justiça concedeu liberdade provisória ao policial acusado de matar o empresário Adriano Correia do Nascimento, 33 anos, e ferir outras duas pessoas durante uma briga de trânsito, no dia 31 de dezembro do ano passado.

Ele terá de usar tornozeleira eletrônica como medida cautelar, durante o período de seis meses, mas voltará a exercer o cargo de agente da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em funções burocráticas. Veja a galeria de fotos da saída do policial do Centro de Triagem. 

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Nos siga no Google Notícias
    Regras de comentário