A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/01/2011 17:25

Por conta de chuvas, Defesa Civil monitora 12 pontos em Campo Grande

Jorge Almoas

Bairros com possibilidade de alagamento são o foco do monitoramento

Agente da defesa civil acompanha sinalização e interdição na margem do Córrego Anhnaduizinho (Foto: João Garrigó)Agente da defesa civil acompanha sinalização e interdição na margem do Córrego Anhnaduizinho (Foto: João Garrigó)

A Defesa Civil municipal está em alerta por conta do período de chuvas constantes em Campo Grande.

De acordo com a previsão do tempo, o índice de chuvas nesta quarta-feira foi de 15 milímetros, e para amanhã, a expectativa é que chova até 23 milímetros.

Mesmo com a previsão de chuvas, a Defesa considera o período como tranquilo.

“Estamos mantendo duas equipes para monitorar os locais mais baixos, onde pode haver acúmulo de água”, explica o Tenente Coronel Paulo Cesar Monteiro Ayres, coordenador da Defesa Civil Municipal.

Atualmente, a Defesa Civil está monitorando pontos com registro de alagamento, nos bairros Jockey Clube, Piratininga, Bom Jesus, Nhá-Nhá, Canguru, Taquarussu, Vila Olinda, Vila Santo Eugênio, Progresso, São Conrado, Coronel Antonino e Jardim Alto do São Francisco.

De acordo com a Defesa, alguns pontos passíveis de alagamento estão localizados nos bairros São Bento, Jockey Clube e Taquarussu. As margens do córrego Anhanduizinho, nas proximidades dos bairros Cohafama e Nhá-Nhá recebem visitas constantes de agentes da Defesa.

“Por causa da chuva, o solo ficou encharcado e está desmoronando em alguns pontos. Por isso, é necessário acompanhar os locais e saber se estão sinalizados e interditados”, esclarece Ayres.

A sinalização e interdição dos pontos são realizadas pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e Seinthra (Secretaria de Infraestrutura e Habitação).

Hoje, a Defesa Civil conta com auxílio de sete guardas municipais treinados para atuar no auxílio às pessoas atingidas por alagamento ou inundações. No entanto, outros 100 guardas estão à disposição para auxiliar os trabalhos.

Entre as atividades feitas em conjunto, está a limpeza dos lixos nos dutos, evitando que os canais fiquem obstruídos.

A Defesa Civil atende pelo número 199. A população também conta com o número 153 da Guarda Municipal para os casos de emergência.

Chuva e vento forte fecham operações no aeroporto de Corumbá
A forte chuva que cai nesta tarde no município de Corumbá, cidade distante 426 quilômetros da Capital, fechou o Aeroporto Internacional para pousos e...
Chuva continua em MS pelo menos até domingo, alerta Inmet
Avisos meteorológicos indicam chuva forte no Estado hoje e amanhãA chuva continua em Mato Grosso do Sul pelo menos até o domingo (16), conforme prev...
Leitores também registraram estragos da chuva em vídeo
Leitores do Campo Grande News registraram em vídeo os estragos que o temporal de ontem causou em vários pontos da cidade.Liliane Moreira, moradora do...


o negocio é monitorar... arrumar jamais
 
Rafael Moreira Correia em 12/01/2011 05:42:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions