A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

08/08/2017 14:55

Delegacia de homicídios passa a investigar execução no Jardim Carioca

Adriano Fernandes
Policiais e curiosos em volta do veículo alvo dos disparos no dia do crime. (Foto: Lucas Junot) Policiais e curiosos em volta do veículo alvo dos disparos no dia do crime. (Foto: Lucas Junot)

A DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios) vai investigar o tiroteio que resultou na morte de dois jovens e deixou uma motorista da Uber ferido, no último dia 26 no Jardim Carioca em Campo Grande.

Até então o caso estava sobre a responsabilidade da 7ª DP (Delegacia de Polícia) no bairro Santo Amaro. “Mas devido à complexidade da investigação e por ser uma delegacia especializada nesse tipo de caso, ele foi encaminhado para a homicídios”, comentou a delegada titular da delegacia, Christiane Grossi.

A investigação sobre o atentado foi encaminhado ao delegado Marcio Shiro Obara, também titular da DEH. “Mas vamos desenvolver um pouco mais a investigação para em seguida divulgar qualquer novidade”, resumiu o delegado.

Atentado – No tiroteio, morreram Reynam Felipe Vieira de Oliveira e Maickon Alves Marques, ambos de 22 anos. O motorista da Uber Nelson Miashiro Tobaru, de 38 anos, também levou três tiros, passou por cirurgia na Santa Casa de Campo Grande onde permanece internado na enfermaria.

O tiroteio teve início quando ocupantes em uma camionete e moto passaram atirando contra os jovens que embarcavam no veículo Peugeot de Nelson. Após os disparos o motorista tentou fugir mas o veículo parou sobre o meio-fio próximo ao cruzamento Rua Visando com a Zacarias Mourão.

A suspeita é de que o crime tenha relação com outro duplo homicídio, que ocorreu no último domingo (23), no Jardim Campo Alto, em Campo Grande e em que morreram Joaquim Rodrigues de Oliveira, 58 anos, e Antônio Marques, 72.

O primeiro tiroteio é investigado pela 4ª DP (Delegacia de Polícia) das Moreninhas. A polícia ainda aguarda os laudos periciais sobre o caso e houve familiares dos envolvidos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions