A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/11/2011 00:16

Denar prende quadrilha que fazia tráfico de drogas em Campo Grande

Paulo Fernandes
Quatro acusados de tráfico de drogas foram presos no sábado (Foto: divulgação)Quatro acusados de tráfico de drogas foram presos no sábado (Foto: divulgação)

Policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repreensão ao Narcotráfico) prenderam no sábado, na região Sul de Campo Grande, quatro acusados de tráfico de drogas e apreenderam 280g de pasta base de cocaína, 220g de maconha, armas e veículos.

Jares Neres da Silva Ferreira, o Bugrão, de 41 anos, e Eliana Rocha Cabrera, de 23, não sabiam que estavam sendo monitorados pela polícia e foram presos quando iam fazer a entrega de 14g de pasta base de cocaína.

Segundo a polícia, eles faziam a entrega ao também traficante Diogo Santos Oliveira da Silva. Na casa de Diogo, foram encontradas sete munições intactas calibre 38.

Já na residência de Jares e Eliana, na rua Cafundó, no bairro Santa Emilia, a polícia apreendeu 280g de pasta base de cocaína, 220g de maconha, uma balança de precisão, R$ 923 em cédulas, um cheque no valor de R$ 1.300, TV 42 polegadas, carros Celta, Gol, Corsa e Fiorino.

Em outra casa, no bairro Santa Emilia, a polícia encontrou um revólver calibre 38 com três munições e um carregador de pistola calibre 45 com sete munições. O endereço é do pai de Eliana, Adelino Cabrera, que acabou preso por posse de arma de fogo de calibre permitido e de posse de munição de arma de fogo de calibre restrito.

Segundo a polícia, Jares e Adelino já haviam sido presos por tráfico de drogas e Adelino. Diogo também havia sido preso, mas por roubo.

O quarteto foi conduzido a Denar e autuado em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas e posse ilegal de munição de arma de fogo de uso permitido e de uso restrito.



Esses urubus,não desprezando a ave,vivem da desgraça dos outros,tomara que apodreçam na cadeia.
 
Adenilse Farias em 08/11/2011 11:52:21
Querem dinheiro facil nao é seus vagabundos, espero que fiquem na cadeia por um bom tempo. Infelizmente temos que sustentar esses bandidos na jaula, mas é o preço que pagamos para tira-los de circulação. Espero que as vitimas recuperem seus carros e pertences que conseguem com tanto sacrificio. Quando a bandidagem vai entender que o crime nao compensa, o premio sera sempre cadeia ou cemiterio.
 
Luci Santos em 08/11/2011 11:09:29
esses tem que apodrecer na cadeia nao sabe o quanto destroi as familias de viciados o sofrimento dos pais tomara que morra na cadeia
 
shirley silva em 08/11/2011 09:41:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions