A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/02/2015 16:11

Dentistas realizam assembleia para discutir salário e serviço municipal

Vanda Escalante
Assembleia Geral reuniu dentistas no auditório da ABO/MS (Foto: Divulgação)Assembleia Geral reuniu dentistas no auditório da ABO/MS (Foto: Divulgação)

O Sindicato dos Odontologistas de Mato Grosso do Sul realizou nesta terça-feira (24) uma assembleia geral extraordinária para discutir com os cirurgiões dentistas que são servidores municipais em Campo Grande questões como os salários e as condições de trabalho da categoria. A assembleia foi realizada no auditório da ABO/MS (Associação Brasileira de Odontologia em Mato Grosso do Sul).

Entre as principais reivindicações da categoria, que deverão ser apresentadas ao Prefeito Gilmar Olarte (PP), está o pedido de regulamentação da lei que garante aos dentistas a isonomia dos valores dos plantões e da produtividade paga aos médicos. A lei foi aprovada pela Câmara Municipal no ano passado e garante um direito já previsto em lei federal.

Também esteve na pauta da assembleia, e foi aprovado por unanimidade, o pedido de regulamentação do adicional de insalubridade que era pago aos cirurgiões-dentistas até 1998, quando foi retirado pelo executivo municipal.

Para a presidente do Sindicato, Marta Brandão, o pagamento do adicional de insalubridade é um direito previsto no Estatuto dos Servidores Municipais de Campo Grande aos servidores que trabalham em condições e locais insalubres, nocivos à saúde. “É o caso dos odontólogos, e o adicional não deveria ter sido retirado, já que os profissionais continuaram esse tempo todo a desempenhar suas atividades nos mesmos locais” observa.

A diretoria do Sindicato irá requerer na próxima semana uma audiência com o prefeito para apresentação das propostas e da pauta reivindicações aprovadas pela categoria na assembleia desta terça-feira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions