ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Depois de furtar pistola de PM, homem morre em troca de tiros com a polícia

Ele foi socorrido até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Nova Bahia, mas morreu durante o atendimento médico

Por Geisy Garnes | 20/09/2020 11:13
O caso foi entregue na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro (Foto: Paulo Francis)
O caso foi entregue na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro (Foto: Paulo Francis)

Um troca de tiros com policiais do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) terminou com a morte de um homem de 47 anos na noite deste sábado (19), no Jardim Vida Nova, em Campo Grande. O suspeito foi identificado como Gilson Silva de Jesus.

Conforme o registro policial, equipes do batalhão procuravam o suspeito de furtar a pistola .40 de um policial militar, no dia 17 deste mês, quando receberam informações de que o possível autor do crime teria cometido um roubo, usando a mesma arma, na Rua Santa Quitéria, Jardim Centenário na madrugada de sexta-feira para sábado.

Com a pistola, Gilson rendeu um motociclista e para tomar o veículo, chegou a disparar em direção a vítima. Por conta disso, as buscas pela cidade foram intensificadas.

Por volta das 18 horas de ontem, os policiais encontraram o suspeito na Rua Manche Catan David, próximo ao cruzamento com a José Carlos Medina. Ele pilotava uma Yamaha XTZ roubada durante a madrugada. Quando recebeu ordem de parada, desceu da moto, sacou a arma e disparou na direção dos militares, que reagiram e balearam o suspeito.

Atingido por quatro tiros, ele foi socorrido até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Nova Bahia, mas morreu durante o atendimento médico. Segundo apurado pela reportagem, na justiça, Gilson responde por ter furtado R$ 300 de um membro da própria família. Também já foi indiciado por falsa identidade.

A moto e a arma foram recuperadas e entregues a Polícia Civil.

(Matéria alterada às 11h51 para créscimo de informação)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário