ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Depois de refresco com aulas remotas, fila dupla volta expor desrespeito de pais

Aos poucos os alunos estão retonando para as aulas presenciais, e as filas duplas em frente em frente às escolas também

Por Mariana Rodrigues | 22/02/2021 12:03
Na rua Dona Joana, o estacionamento é dos dois lados da rua que é estreita. Alguns motoristas param em cima da calçada. (Foto: Marcos Maluf)
Na rua Dona Joana, o estacionamento é dos dois lados da rua que é estreita. Alguns motoristas param em cima da calçada. (Foto: Marcos Maluf)

Aos poucos, os alunos estão retornando para as escolas após um longo período de aulas remotas, mas não são apenas os estudantes e professores que estão de volta. As filas duplas, que sempre causam transtornos no trânsito, também retornam para expor o desrespeito de alguns pais ao espaço público.

O problema é antigo e recorrente, logo pela manhã, por volta das 7h, desta segunda-feira (22), em frente a colégio particular localizado no Bairro Bela Vista, em Campo Grande, o fluxo de carros era grande. Na pressa por deixar os filhos e não ter que andar mais alguns metros para encontrar uma vaga para estacionar, muitos param em fila dupla e ali mesmo deixam as crianças, enquanto vários outros veículos ficam a espera.

As ruas José Caetano  e Dona Joana, que ficam no entorno da escola são estreitas, o que piora ainda mais a situação no local. O congestionamento aumenta entre às 7h e 7h30, período em que os carros começam a formar um fila em frente a uma das entradas da escola, na Rua Dona Joana.

Alguns carros param na calçada em frente à escola. (Foto: Marcos Maluf)
Alguns carros param na calçada em frente à escola. (Foto: Marcos Maluf)

Durante meia hora, foram flagrados cinco veículos parando em fila dupla e até estacionando nas calçadas na hora de deixar as crianças. Para quem trabalha na vizinhança da escola, o horário acaba se tornando um tormento.

“Tem bastante fila dupla, às vezes não dá para passar nem de moto, são carros por todos os lados”, conta Roseli dos Anjos, 44 anos, que trabalha como doméstica em uma casa que fica próxima a escola. Ela relata que as filas duplas são tanto na entrada quanto na saída dos alunos.

Durante o período em que a reportagem ficou na frente da escola, dois motoristas estacionaram na calçada para poder levar o filho até a porta da escola. “É uma falta de educação estacionar nas calçadas. O pessoal estaciona de forma irregular e indevida nessas ruas que são estreitas”, reclama o defensor público Paulo André de Fante, 45 anos, enquanto esperava pelos filhos.

Poucos metros da escola há vagas para estacionamento em um canteiro. (Foto: Marcos Maluf)
Poucos metros da escola há vagas para estacionamento em um canteiro. (Foto: Marcos Maluf)

Há alguns metros da escola, o trânsito vai ficando mais tranquilo e até mais fácil de encontrar lugar para estacionar. Mas ainda assim, não vimos muitos pais deixando os carros ali. O que percebemos é que o local é mais usado mesmo por funcionários que estacionam seu carros  durante o horário de trabalho.

A exceção é o pai Anderson Galdino, 42 anos, que prefere andar mais um pouco para deixar o carro estacionado de maneira correta, enquanto espera a saída do filho de sete anos. Ele comentou que a escola orienta as crianças a “puxar a orelha dos pais” que formam filas duplas em frente à escola.  “As crianças cobram dos pais”, lembra.

Fiscalização – A Agetran (Agência Municipal de Trânsito) retomou as fiscalizações assim que as aulas começaram na última quinta-feira (18). Há um cronograma para que agentes passem por essas escolas.

Esses agentes fazem uma ronda de rotina em escolas diferentes a cada dia, flagrando qualquer irregularidade, esse motorista é orientado, e depois notificado e por fim multado.

Parar em fila dupla, seja em frente à escola, ou em qualquer outro lugar é infração de trânsito grave, que acarreta em multa de R$ 195,23 e mais cinco pontos na carteira.

A calçada, área destinada aos pedestres, é muitas vezes utilizada de maneira ilegal pelos condutores de veículos. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, estacionar nas calçadas é infração grave, o valor da  multa também é de R$ 195,23.

Veículo para no meio da rua enquanto a criança sai do carro, atravessa e vai para a escola. Fila se forma atrás do carro. (Foto: Marcos Maluf)
Veículo para no meio da rua enquanto a criança sai do carro, atravessa e vai para a escola. Fila se forma atrás do carro. (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário