A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/05/2011 14:40

Derf prende quatro por roubo de R$ 35 mil na saída de agência bancária

Aline dos Santos

Quatro pessoas foram presas pelo roubo de R$ 35 mil na saída do banco Bradesco, na avenida Coronel Antonino, em Campo Grande. A vítima é funcionária da empresa Consórcio Nacional Shopping Norte Sul Plaza e o dinheiro seria para o pagamento de serviços de pintura aos funcionários da empreiteira.

A Derf (Delegacia Especializada de Repressão aos Roubos e Furtos) prendeu os ladrões duas horas e meia depois do roubo, registrado às 15h30 de ontem. As prisões foram em dois bairros: Cidade Morena e Arnaldo Estevão de Figueiredo.

Outros dois integrantes da quadrilha estão foragidos. A polícia recuperou R$ 8.100. De acordo com o delegado Fábio Peró, era a primeira vez que o grupo agia naquela agência.

“Eles agiam nas agências da região central e começaram a ser monitorados pela polícia no começo do ano”, afirma. Porém, desconfiados da investigação, eles trocaram o local de atuação. O grupo participou de pelo menos outros sete roubos, conhecidos como “saidinha de banco”.

O delegado explica que o grupo se dividia entre as "olheiras" – mulheres que entram no banco em busca de vítimas – e os executores – homens que faziam os roubos.

As "olheiras" chegavam à agência bancária por volta das 15h. Uma ou duas ficam do lado de fora para alertar sobre a presença policial. Dentro do banco, as outras procuravam vítimas. “Ficam enrolando dentro da agência. Sai da fila para ir ao balcão de atendimento. Fazendo hora”, explica o delegado.

No roubo de ontem, as mulheres viram quando a vítima saiu do banco com uma sacola de supermercado e ligaram para o comparsa. O homem foi roubado próximo à agência, quando já estava dentro do seu veículo.

O assaltante estava armado com revólver. “Nos roubos, eles levam mil reais R$ 6 mil, R$ 25 mil”, aponta Peró. A maior parte do dinheiro fica com os autores do roubo. A segunda maior parcela vai para a “olheira” que lidera a quadrilha, enquanto as demais mulheres recebem entre R$ 300 e R$ 500 por assalto.

Os presos vão responder por roubo qualificado e formação de quadrilha. A polícia procura pelos foragidos e não divulgou os nomes dos presos.

Dinheiro roubado por assaltantes era pagamento de funcionários de shopping
O homem que teve R$ 35 mil roubados por volta das 15 horas desta sexta-feira é funcionário da empresa Consórcio Nacional Shopping Norte Sul Plaza. El...
Homem tem R$ 35 mil roubados próximo a banco na Coronel Antonino
Polícia está fazendo rondas a procura dos assaltantesPoliciais militares estão fazendo rondas neste momento na região do bairro Coronel Antonino ond...


Na av: Cel. Antonino existe uma concentração de agências bancárias(Bradesco,Cx.Ec.Fed,Hsbc,Banco do Brasil,Banco Popular e duas do Itaú),mais duas casas lotéricas,duas concessionárias de veículos,diversas casas de produtos agropecuários e vários outros ramos do comércio e consequentemente circula muito dinheiro na região.
A referida AVENIDA e suas imediações, estava como uma fazenda sem capataz.Onde bandidos praticavam assaltos,furtos,arrombamento e outros delitos.A população estava pedindo socorro há horas e nada era feito.
Mediante os fatos ocorridos,realizei um abaixo assinado pedindo a reativação do posto policial(construido pelos comerciantes anos atrás,que foi desativado sem explicação pelo governo anterior).O posto fica num ponto estratégico,na Av.Cel. Antonino pouco metros dos Bancos(Brasil,Caixa e Hsbc),mas não obtive tanto sucesso.Pois a SEJUSP,nos comunicou o seguinte sobre a reativação do Posto da Polícia Militar: "Informo a Vossa Senhoria da impossibilidade,tendo em vista ser totalmente inadequado para o fim que se destina.Outrossim,informo que foi determindao ao Comandante do 1ºBPM,responsável pela área, a intensificação de rondas e realização de paradas estratégicas em locais próximo ao local de referência".
Beleza,em parte ajuda um pouco,mas não o suficiente.Uma vez que, a região continua sendo alvo de marginais à noite e finais de semana também.Agora têm acontecido arrombamento aos comércios no período noturno e pequenos roubos às residências das imediações. A reativação do Posto, seria um PORTO SEGURO para população 24horas.Policiais à pé dificílmente vai pegar bandido de MOTO.Que tenha policiais circulando,mas pelo menos dois no posto com um veículo pronto para sair em perseguição aos MARGINAIS,ok?
Vale ressaltar,que uma garagem de carros que fica na Rua Alegrete próx. à Monza Veículos,foi vítima de marginais em plena tarde e uma Casa de Plástico na Cel. Antonino também foram vítimas recentemente de bandidos no período noturno.
Queremos a REATIVAÇÃO DO POSTO POLICIAL com urgência,pagamos impostos corretamente e temos o direito à SEGURANÇA PÚBLICA.Essa segurança é para todos os comerciantes,moradores e usuários dos estabelecimentos da região.
Contamos com a ajuda da imprensa nesse momento de LUTA.

 
neyde de oliveira em 22/05/2011 12:15:28
Não vai demorar muito, eles irão estar na rua fazendo novos roubos.
 
Renato Rieff em 22/05/2011 07:01:20
Quando ocorre assaltos e furtos de grandes somas em dinheiro a policia civil age rapido,prende os ladrões,mas... não recupera a totalidade do dinheiro roubado.Porquê será? Estão atrás dos outros ladrões que se reagir a voz de prisão poderá ser morto, e aí mesmo q não se recuperará o restante do dinheiro...hummmmmm!
 
samuel gomes-campogrande em 21/05/2011 04:52:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions