A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Setembro de 2019

15/10/2014 18:16

Descarte incorreto de lixo causa polêmica e revolta moradores do Monte Castelo

Alan Diógenes
No amontoado de lixo é possível encontrar de televisores a vasos sanitários. (Foto: Marcelo Calazans)No amontoado de lixo é possível encontrar de televisores a vasos sanitários. (Foto: Marcelo Calazans)

Um amontoado de lixo e de móveis velhos está incomodando os moradores da rua Presidente Dutra, no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Segundo populares, funcionários da prefeitura passaram pelo local e pediram para a população retirar o lixo de dentro de casa, que posteriormente seria retirado através de um caminhão basculante.

Na tarde desta quarta-feira (15) o Campo Grande News esteve no local e constatou que o lixo ainda está por lá. No amontoado é possível encontrar podas de árvores, televisores velhos e até mesmo vasos sanitários.

A dona de casa Ivone Mendonça, de 60 anos, que mora à três casas do monte de lixo, está preocupada com a presença de insetos. “Meus netos de 8, 5 e 4 anos de idade ficam comigo enquanto minhas filhas trabalham. Tenho medo de que escorpiões e mosquitos que transmitem a dengue se proliferem dentro dessa sujeira, entrem dentro do meu quintal e picam as crianças que brincam por aqui”, comentou.

O vidraceiro Valério Lima, 63, disse que a prefeitura limpou o bairro todo, mas esqueceu da rua Presidente Dutra. “Eles passaram por aqui pedindo para o povo descartar o lixo. Daí, o pessoal da pizzaria, da loja de máquinas de lavar e o moço que conserta televisores ao lado do meu estabelecimento começaram a jogar. Mas ninguém veio limpar até agora”, explicou.

Questionado a respeito dos fatos, o proprietário da loja de conserto de televisores Estevão Macedo, 47, falou que não foi o único que fez o descarte de lixo. “Quando jogo fora os televisores, sempre quebro os vidros e coloco dentro de uma caixa de papelão. Mas uns homens de amarelo se dizendo da prefeitura vieram e pediram para a gente colocar o lixo na rua que depois eles recolheriam. Não foi só eu que joguei, foi todo mundo”, finalizou.

A Prefeitura Municipal de Campo Grande informou nesta tarde que a informação não procede e nenhum funcionário do órgão esteve no local pedindo aos moradores que jogassem o lixo para fora. A prefeitura afirmou ainda que o morador que for flagrado jogando lixo pode ser multado em R$ 1,7 mil a R$ 6,7 mil. O valor varia de acordo com a gravidade do ato ou a incidência.

O leitor que flagrar alguém descartando lixo nas ruas da Capital de maneira incorreta, pode fazer denúncia através do número 156.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions