ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Desempenho da Capital é destaque em estudo nacional sobre o HPV em jovens

Estudo mede o impacto da vacinação contra HPV em adolescentes e jovens na faixa etária de 16 a 25 anos

Adriano Fernandes | 13/10/2022 22:01
Reunião técnica dos servidores da saúde a respeito do estudo. (Foto: Divulgação)
Reunião técnica dos servidores da saúde a respeito do estudo. (Foto: Divulgação)

Campo Grande está entre as primeiras cidades no ranking de participantes de estudo nacional, que analisa a incidência do HPV (papilomavírus humano) em adolescentes, com idade entre 16 e 25 anos. De acordo com mais recente boletim sobre o estudo divulgado,  referente ao mês de setembro, a capital sul-mato-grossense se destaca entre as cidades participantes com 184 coletas de um total de 718.

Isso graças ao desempenho da servidora Mahara Carvalho Moreira, da USF Paradiso que aparece no “top 5” de “coletadores”, ocupando a terceira colocação. Em Campo Grande, o estudo Pop Brasil envolve servidores de oito unidades básicas e de saúde da família: Tiradentes, São Benedito, Paradiso, Noroeste, Botafogo, Azaléia, Albino Coimbra e Estrela do Sul.

Essa avaliação ocorre em nível nacional, com o propósito de medir o impacto da vacinação contra HPV em adolescentes e jovens na faixa etária de 16 a 25 anos. Serão incluídos 14.350 participantes em todo o país.

Na Capital ele está sendo realizado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande), junto ao Ministério da Saúde, por meio do PROADI-SUS (Programa de Desenvolvimento Institucional do SUS), em parceria com o Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre/RS.

O Pop Brasil foi concebido pela médica e pesquisadora Eliana Márcia Da Ros Wendland, do Hospital Moinho dos Ventos de Porto Alegre/RS, com objetivo de descobrir a prevalência do papilomavírus humano em adolescentes de todo o país.

Nos siga no Google Notícias