ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 28º

Capital

"Deu boa noite e disparou", diz morador sobre atirador que tentou matar jovem

Tiro pegou no portão, bem perto da cabeça da vítima; caso é investigado pela polícia

Por Dayene Paz e Bruna Marques | 14/06/2024 09:49
Tiro que pegou no portão do imóvel. (Foto: Henrique Kawaminami)
Tiro que pegou no portão do imóvel. (Foto: Henrique Kawaminami)

"Estamos assustados, a gente não tem inimigo, não tem rixa com ninguém", diz a moradora de uma casa localizada no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande, sobre tentativa de homicídio, na noite desta quinta-feira (13). A mulher estava no imóvel quando um homem chegou, tocou a campainha e atirou contra um rapaz de 19 anos. Os moradores ainda tentam entender o que motivou o crime.

Na manhã desta sexta-feira (14), os moradores do imóvel conversaram com a reportagem, mas pediram para ter o nome preservado. Contaram que estavam jantando quando a campainha tocou, por volta de 20h10. "O namorado da minha sobrinha que atendeu, ele estava no corredor", lembra. "O portão fica encostado, ele [atirador] deu boa noite e disparou", conta o morador.

Cápsula deflagrada encontrada em imóvel. (Foto: Henrique Kawaminami)
Cápsula deflagrada encontrada em imóvel. (Foto: Henrique Kawaminami)

O jovem de 19 anos que atendeu o portão não mora no local, apenas visitava a namorada no momento em que o crime ocorreu. "Falhou a arma e ele se jogou no chão. O suspeito atirou umas duas vezes e quando pegou, foi só no portão", explica. O jovem não foi atingido por pouco, porque o tiro que pegou no portão foi na altura da cabeça dele.

Os moradores acreditam que o crime foi por engano, já que moram na residência há seis meses. "Acho que foi engano, errou de casa", diz o homem. Ainda, segundo testemunhas, pouco antes do crime, o carro que o atirador ocupava foi visto no estacionamento de um supermercado próximo.

Entenda - De acordo com as informações que constam em boletim de ocorrência, o jovem contou na delegacia que estava em casa, quando ouviu a campainha tocar, por volta de 20 horas. Na sequência, saiu no portão e já escutou um barulho de disparo de arma de fogo, que atingiu o portão. Em seguida, o rapaz disse que escutou mais um barulho, do acionamento de gatilho, mas percebeu que a arma falhou.

O suspeito fugiu em um carro Ecosport, cor verde escuro, e fez mais um disparo para cima.

Carbonizado - Por volta de 2h40, a polícia foi comunicada sobre a localização de um carro, com as mesmas características do utilizado na tentativa de homicídio no Monte Castelo, abandonado e em chamas na Rua Barra Funda, no Danúbio Azul. "O cara deixou o carro pegando fogo aqui e saiu correndo", diz uma vizinha.

O marido dela e um amigo tentaram apagar. "Tentamos apagar com água, mas aí começou vazar gasolina e o fogo só aumentava. Meu marido e um amigo nosso quebraram o vidro na mão porque achamos que tinha alguém dentro dentro do carro". Os bombeiros chegaram e controlaram o fogo. "A PM veio e o carro era furtado. De São Paulo, no Guarujá", diz a mulher.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias