A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

20/03/2017 13:14

Dez horas depois de ser solto, jovem é preso pelo Choque por invadir casa

Rafael Ribeiro
Despacho do juiz atesta data e hora de liberação de Lucas dez horas antes de sua nova prisão(Fotos: Reprodução/PM) Despacho do juiz atesta data e hora de liberação de Lucas dez horas antes de sua nova prisão(Fotos: Reprodução/PM)
'Luquinhas' ganhou o direito à liberdade assistida por bom compartamento'Luquinhas' ganhou o direito à liberdade assistida por bom compartamento
Saveiro prata usada pela quadrilha para levar os objetos furtados da casa do idosoSaveiro prata usada pela quadrilha para levar os objetos furtados da casa do idoso

Dez horas depois de ganhar o direito à liberdade condicional na Justiça e ser solto do Presídio da Gameleira, Lucas de Almeida da Cunha, 21 anos, conhecido como 'Luquinhas', voltou a ser preso em flagrante junto de outros dois comparsas por policiais militares do Batalhão de Choque após invadir uma casa na região do Bairro Caiçara, em Campo Grande, na noite deste domingo (19).

Segundo a polícia, Jefferson Moreia de Góis, 24, e Luiz Miguel Marim da Silva, 19, os outros detidos, também já tinham passagem por roubos de casas. O trio foi detido enquanto se preparava para fugir em uma Saveiro prata com objetos que tinham sido furtados da residência de um aposentado de 70 anos.

Cunha havia sido colocado em liberdade por volta das 13h30, após o juiz Waldir Peixoto Barbosa, da 5ª Vara Criminal de Campo Grande, conceder a liberdade restritiva. Condenado por furto e roubo, ele teria que se apresentar uma vez por mês ao fórum sob pena de sua prisão preventiva ser decretada em caso de não comparecimento. Mas nem foi preciso esperar que o acusado se tornasse um foragido judicial.


A polícia suspeita de que o bando tenha atuado junto em outras ações do tipo na região, já que vários objetos encontrados na Saveiro não foram reconhecidos pelo dono da casa.


Além dos bens, também foram apreendidas diversas ferramentas para invasão de residências, algumas profissionais, como as adequadas para o desarme de alarmes eletrônicos e afins.


Os três acusados foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da região central, onde foram indiciados por furto qualificado.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions