ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Digital intacta ajudará a identificar um dos corpos encontrados carbonizados

Suspeita é que corpo sem as pernas seja de mulher; polícia também procura por câmeras de segurança

Por Liniker Ribeiro e Cristiano Arruda | 16/08/2021 15:27
Vala, às margens da rodovia BR-262, onde um dos corpos foi encontrado. (Foto: Paulo Francis)
Vala, às margens da rodovia BR-262, onde um dos corpos foi encontrado. (Foto: Paulo Francis)

Encontrado sem as pernas, porém, com digital intacta, um dos corpos carbonizados, localizados no fim da manhã desta segunda-feira (16), em área incendiada, na rodovia BR-262, deve ser identificado por meio de exames, ainda hoje. Diligências também buscam identificar um outro corpo, aparentemente sem cabeça.

De acordo com o delegado Nilson Friedrich, da 4ª Delegacia de Polícia Civil, os corpos já estão no Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal), na Capital, onde serão coletadas amostras da digital da vítima.

Além disso, diligências são realizadas na tentativa de localizar câmeras de segurança que possam ajudar nas investigações, por meio de imagens. A principal suspeita é que as duas pessoas encontradas mortas, tenham sido assassinadas em outro local e levadas para a área de vegetação, onde incêndio destruiu espaço.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Primeiras análises – O corpo encontrado sem as pernas, a princípio, de mulher, estava em vala de aproximadamente 100 metros do local onde, mais cedo, foram encontrados restos mortais carbonizados, sem a cabeça e uma das pernas, que são de um homem. A situação foi descoberta por motociclista que passava pelo local.

Ainda não foi possível determinar se o incêndio começou a partir de fogo colocado nos cadáveres ou se houve queimada, depois que os restos mortais foram abandonados no local.

Nos siga no Google Notícias