A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/01/2016 12:15

Documentação emperra e avó deve buscar netas semana que vem

Luana Rodrigues

A viagem que seria no domingo (10) ficou mesmo só para a semana que vem. Maria Aparecida Amarilha Scardin deve embarcar para Japão, para buscar os corpos das duas filhas, Akemi e Michelle Maruyama, e tentar trazer a netas para o Brasil na segunda-feira (11) ou terça (12).

Conforme Maria, as certidões de óbito das mulheres ainda não ficaram prontas e ela precisa do documento para dar andamento aos procedimentos aqui no Brasil. As passagens de ida e volta de Maria foram compradas, mas, como já foi dito, ela não tem dinheiro para custear as passagens das netas. " Ainda não comprei as passagens nem para São Paulo, mas estamos buscando ajuda para isso. Vou entregar nas mãos de Deus, não vou ficar desamparada", acredita a avó.

Um japonês de Campo Grande, que pediu para não ser identificado, e a fábrica, onde Akemi e Michelle trabalhavam, estão auxiliando na viagem e prometeram oferecer hospedagem, transporte e alimentação. A empresa vai buscar Maria em Tóquio e levar para o conjunto habitacional Nishikamezaki, no distrito Ippongi-choum, na cidade de Handa, onde as mulheres foram mortas.

No distrito também estão as duas netas de Maria, de três e cinco anos, que devem vir para o Brasil com a avó. "Acredito que seja automática a vinda delas, porque devido a situação do pai, a família paterna não direito. Eles não podem, mas lógico que vão tentar", disse Maria.

As crianças nasceram no Japão, mas foram registradas no consulado brasileiro do Japão, por enquanto a avó não sabe quais procedimentos burocráticos terá que enfrentar no país para trazê-las, mas está confiante. Akemi e Michelle serão cremadas, segundo Maria, e somente urnas com as cinzas será trazida para o Brasil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions