A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/12/2012 12:49

Dois adolescentes confessam assassinato de universitário

Com um dos garotos foi encontrado o celular e a chave do carro do estudante

Nadyenka Castro e Mariana Lopes
Adolescentes que mataram universitário no local do crime. (Foto: Simão Nogueira)Adolescentes que mataram universitário no local do crime. (Foto: Simão Nogueira)
Carro de Lawrence. Ele foi encontrado morto no banco do motorista. (Foto: Mariana Lopes)Carro de Lawrence. Ele foi encontrado morto no banco do motorista. (Foto: Mariana Lopes)

Dois adolescentes foram apreendidos nesta terça-feira suspeitos de envolvimento na morte do universitário Lawrence Corrêa Biancão, 20 anos. O estudante foi encontrado morto dentro do carro dele, na tarde de domingo (9), na Orla Morena. O corpo tinha sinais de estrangulamento.

Eles foram encontrados pela 1ª Delegacia de Polícia Civil, cada um em sua casa. Um deles mora na rua João Rosa Pires, bairro Amambaí.

Na residência do bairro que fica próximo à Orla Morena, os policiais encontraram o celular de Lawrence e a chave do automóvel dele. Um dos garotos seria a pessoa que ligou para o universitário, marcando um encontro.

O estudante estava no banco do motorista, com lesões no pescoço que indicam estrangulamento e várias lesões pelo rosto, além de um machucado específico no joelho esquerdo, que para a Polícia, indica que ele tentou se defender no momento do crime.

Os dois adolescentes foram levados pela Polícia para o local do crime para a reconstituição dos fatos. 



Ao senhor Daniel Brandão, que diz não ter nenhum problema com as opções sexuais dos outros, mais que não para de criticar sequer um minuto, porque te encômoda tanto as pessoas se interessarem pela morte de um jovem, que ainda tinha tudo pela frente com saúde, um futuro brilhante, estudioso, com o seu direito de ir e vir como qualquer outro cidadão que trabalha que seja pai de familia, que sustente sua esposa e filhas! Os direitos são iguais, para negros, brancos, bissexuais ou homossexuais, olhe-se no espelho e pergunte ao senhor mesmo se gostaria que fosse uma de suas filhas que estivesse lá e que encontrasse pelo caminho alguém que fizesse comentários absurdos como o vosso!
Nunca se esquece que enquanto estas apontando um dedo a alguém, tens quatro que apontam para o senhor! Reflita
 
Pereira Gislaine em 20/12/2012 19:49:19
Acho que a revolta da população não é apenas por se tratar de um crime homofóbico, mas por tanta brutalidade! Então os jovens não podem mais ter a liberdade de escolher sua orientação sexual e sair na noite de um sábado para "aproveitar" a vida do jeito que bem entender, sem correr riscos de sofrer crimes totalmente passionais e revoltantes...ainda mais por se tratar de "adolescentes", que infelizmente, amanhã estarão soltos, planejando, matando e roubando outros jovens que apenas querem aproveitar sua juventude.
 
Luana de Farias em 11/12/2012 23:02:42
Eder lima, se o sr. quiser levar todos os homosexuais para sua residencia, já que me considera homofobico, fique à vontade porque eu não quero, uma vez que estejamos em um Estado Democrático de Direito, diferente do sr. eu não critico seus comentarios porque acredito na liberdade de expressão. Afinal de contas, às 04h da manhã estou dormindo porque tenho que trabalhar para sustentar minhas filhas e esposa, desta forma fica impossível passear de madrugada pra arrumar encontro sexual, principalmente com menor de idade, homosexual ou não...
 
daniel brandao em 11/12/2012 16:09:41
Estou chocada com o que aconteceu, o Black era super especial, rapaz novo, cultivando um futuro, estudando, trabalhando... Queremos justiça... Eu e todos que o conhecia e o adorava ter por perto nas rodas de tereré, na faculdade, nas baladinhas ou na porta de casa. Luto eterno Lawrence "Black"
 
Thannata Pitzschk em 11/12/2012 15:33:58
Crime passional é indiferente a orientação sexual Daniel Brandão. A morte do rapaz é passional, assim como centenas de homens e mulheres assassinados todos os anos independente das suas orientações. "Tudo nessa vida tem consequências", mais homofóbico impossível.
A única coisa que me revolta no assunto é o fato de alguns policiais não terem colete pra trabalhar no dia-a-dia, mas assim que vagabundo é preso ganha colete pra proteger a integridade física deles contra retaliações de familiares ou amigos.
 
Eder Lima em 11/12/2012 15:25:15
Quando é amanhã ja tão na rua... é a nossa justiça....
 
aruã montovani em 11/12/2012 15:19:13
A policia quando quer trabalha rapido....Parabéns policia pela rapidez!!
 
Gleice Lima em 11/12/2012 15:16:52
A justiça de Deus não falha...
 
Caroline Moraes em 11/12/2012 15:08:17
Ninguem dá atenção quando é um pai de família que sai cedo pra trabalhar e só volta à noite para trazer comida para os filhos e é morto ao reagir ao assalto de um viciado ladrão por causa de dez reais...
Por que o tal do Lawrence é motivo de curiosidade dos leitores? Só por que se trata de um crime passional? Eu não tenho problemas com a liberdade sexual dos outros, mas tudo nessa vida tem consequencias...
 
daniel brandao em 11/12/2012 14:44:33
Quando não há interferência, nossa polícia é de extrema eficiência. Parabéns.
 
Áttila Gomes em 11/12/2012 13:58:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions