A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/01/2015 14:13

Dona de padaria lutou com assaltante antes de ser baleada; veja o vídeo

Ricardo Campos Jr.
Vidro atingido por tiros durante o roubo à padaria (Foto: Alcides Neto)Vidro atingido por tiros durante o roubo à padaria (Foto: Alcides Neto)

Imagens das câmeras de segurança da padaria assaltada no sábado (3), em Campo Grande, mostram que antes de ser baleada, a dona do estabelecimento reagiu e chegou a lutar contra o assaltante. A tentativa, não recomendada pela polícia, veio do instinto em tentar proteger o patrimônio da família. A mulher foi atingida por um tiro no rosto e aguarda em casa por cirurgia.

As marcas deixadas pelo crime vão muito além dos ferimentos ou dos objetos danificados pela bala. Medo, apreensão e a sensação de insegurança tomam conta dos funcionários do local. Um dos trabalhadores, de 22 anos, que pediu para não ser identificado, disse já ter perdido as contas de quantas vezes o local foi alvo de bandidos desde que foi contratado há oito anos.

“Nós ficamos mais apreensivos, ainda mais depois desse episódio. Esse bairro, o Amambaí, é muito perigoso. Tem lugares em que você não pode andar sozinho”, relata.

Colega dele, uma mulher de 34 anos, que também teme que o seu nome seja divulgado, diz que a partir do crime, passou até a prestar mais atenção no caminho entre o ponto de ônibus e o comércio. “Eu venho olhando para todos os lados”, diz. “A gente vem trabalhar sem segurança nenhuma. Todas as pessoas suspeitas que entram na loja já fazem a gente ficar de olho”, diz.

O marido da vítima, também dono da padaria, diz estar indignado com a falta de segurança no bairro. “Dizem que é uma das regiões mais bem policiadas”, ironiza.

“É indignante, é uma situação de total impotência. O que deixa mais triste é você saber que recolhe imposto e tem o direito de usufruir da segurança que os poderes supostamente poderiam dar a você, só que infelizmente não tem. Eu nem sei se isso é culpa do estado. Acho que demanda um estudo mais longo, porque está aumentando cada vez mais a criminalidade e o pior é a sensação de impunidade. Você saber que o bandido vai preso, mas que daqui a pouco será solto”, relata.

Segundo o empresário, o local havia sido assaltado pela última vez em março do ano passado após uma sequência de crimes. O homem calcula que o sistema de segurança implantado desde a época, com câmeras de segurança, alarmes e contratação de seguranças particulares afastou um pouco a criminalidade. Pelo menos, até agora. “Eles [assaltantes] nem ligam mais para isso”, diz.

Desta vez, o proprietário havia acabado de sair para o almoço quando houve o roubo. Segundo informações do boletim de ocorrência, o suspeito chegou ao local de moto e anunciou o assalto. A vítima foi baleada ao se aproximar dele. Antes de fugir, o ladrão recolheu R$ 250 e ainda não foi encontrado.

"É indignante", reage marido de comerciante baleada no Amambaí
A mulher de 54 anos baleada no rosto durante assalto em uma padaria recebeu alta médica e está em casa, segundo informações da família, que pediu par...
Dona de padaria é baleada no rosto durante assalto no Amambaí
Uma mulher de 54 anos foi atingida por um tiro no rosto durante assalto na padaria dela na tarde deste sábado (3), na rua Iguassu, bairro Amambai, em...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions