ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Dono de depósito em chamas perdeu 5 veículos e estima prejuízo de R$ 7 milhões

Labaredas de chamas atingem mais de cinco metros e dificuldade é a falta de água

Por Dayene Paz e Kamila Alcântara | 12/05/2024 16:56
Um dos caminhões atingidos por fogo em depósito. (Foto: Henrique Kawaminami)
Um dos caminhões atingidos por fogo em depósito. (Foto: Henrique Kawaminami)

Além de um galpão com materiais recicláveis ser destruído pelo fogo, na tarde deste domingo (12), cinco veículos que estavam no local também viraram cinzas. À reportagem, o dono do local afirmou que estima prejuízo de R$ 7 milhões. Os bombeiros trabalham arduamente para controlar as chamas no depósito que fica às margens da BR-163, entre as saídas de Três Lagoas e São Paulo, em Campo Grande.

Segundo o proprietário, que pediu para não ter o nome divulgado, foram destruídos quatro caminhões, um micro-ônibus e um veiculo passeio. Além do prejuízo milionário, ele ainda não sabe o que havia dentro dos veículos, o que pode aumentar a perda da empresa.

São, ao todo, 150 funcionários que trabalham no galpão. Contudo, hoje apenas o segurança estava no local e não teve ferimentos.

O dono da empresa está preocupado com a falta de água que prejudica o combate às chamas. "Uma empresa que dá lucros para o estado, mas não está sendo assistida com água", desabafou. Há pouco, um caminhão-pipa da Águas Guariroba chegou no local, além das viaturas dos bombeiros que já estão auxiliando nos trabalhos de combate ao fogo.

Um restaurante que fica ao lado também tem risco de ser atingido. O dono, Otacílio Carlos, 67 anos, acompanha o trabalho dos bombeiros. Ele disse que a reciclagem funciona há quase 20 anos no local, sendo a primeira vez que algo de grande proporção acontece. "Está faltando água, mais equipamentos para apagar o fogo. As chamas com o vento estão chegando no meu restaurante", disse.

Chamas altas em galpão de recicláveis. (Foto: Henrique Kawaminami)
Chamas altas em galpão de recicláveis. (Foto: Henrique Kawaminami)

As labaredas atingem mais de cinco metros e bairros próximos são tomados pela fumaça, densa e preta. O trânsito está bloqueado naquele trecho, entre as saídas de Três Lagoas e São Paulo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias