A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

05/12/2010 11:46

Dono de lava jato da Capital e mais três presos pela PF com armamento

Empresário tinha dois fuzis e 12 carregadores para fuzil AK47, arma russa

Danubia Burema
 Dono de lava jato da Capital e mais três presos pela PF com armamento

Jean Carlo Cardenas Bogado da Silva, de 24 anos, e outras três pessoas foram presas pela Polícia Federal na tarde de ontem (4) por tráfico de armas pesadas como AK 47, munições e drogas.

A Delearm, delegacia da Polícia Federal especializada em repressão ao tráfico de armas, investigava o envolvimento de Jean, dono de um lava jato no Jardim Anaí, com o tráfico de drogas e armas.

Durante as investigações, foi constatado que ele havia negociado armamento de origem estrangeira que entrou no Brasil pela Bolívia.

Em monitoramento ao lava jato, policiais viram duas pessoas entrarem no escritório de Jean e passarem a tarde toda no local. Às 18h de ontem, a Polícia entrou no escritório e localizou armas, carregadores, munições de diversos calibres, 2,5 kg de cocaína e 10 gramas de maconha.

Além de Jean, foram presos no escritório Itamar Reis Dias, de 40 anos, morador de Santa Inês, no Maranhão; Eduardo Silva Tavares, de 27 anos, que mora em Brasília; e Dircinéia Arruda dos Santos, de 30 anos, esposa de Jean.

Os quatro envolvidos foram presos em flagrante e deverão responder por trafico de armas e de drogas.

Conforme a PF, Eduardo e Itamar vieram de Goiânia (GO) para buscar as armas e munições e que receberiam R$ 5 mil para levar o armamento de volta.

 Dono de lava jato da Capital e mais três presos pela PF com armamento

Estoque - Na residência de Jean, no bairro Santo Amaro, foi encontrada pequena quantidade de cocaína e petrechos para sua manipulação, como papelotes, pratos, colheres, balanças de precisão, todos com resquícios da droga, além de R$ 5 mil reais em espécie.

Foram apreendidas ainda uma carabina; dois fuzis; 12 carregadores para fuzil AK47 (arma russa); seis carregadores para carabina calibre.30; dois punhos de arma longa; 633 munições calibre 7.62 por 39; 100 munições calibre 7.62 por 51 ; 97 munições calibre .30M1; cinco caixas com a inscrição: "Fabrica Boliviana de Municiones Cotapachi - Cochabamba Bolivia" e três tabletes enrolados com fitas adesivas e sacos plásticos contendo cocaína com massa bruta de 2,807 kg.

Durante a operação da PF foram apreendidos dois veículos Uno, três motocicletas, um relógio com a inscrição "Bulova" na cor prata e ouro, duas balanças de precisão, R$ 5.030,00 em dinheiro, 9 gramas de maconha, uma motocicleta Yamaha, um veículo Fiorino, uma garrucha de dois canos com numeração de série raspada e duas munições com a inscrição 380 Auto CBC.

UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
Aplicativo enviará à CGU denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTI+
O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União recebe, a partir de hoje (18), denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discr...
TSE: regras eleitorais deixam dúvidas sobre fake news e autofinanciamento
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (18), por unanimidade, as 10 resoluções que irão regular as eleições de 2018, mas ainda ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions