ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 10º

Capital

Donos de academias pedem reabertura para “aumentar imunidade”

Depois de carreata na manhã de hoje, grupo conversou com prefeito Marquinhos Trad

Por Ângela Kempfer e Tainá Jara | 25/03/2021 13:25
Representante das academias em reunião nesta quinta no Paço Municipal.
Representante das academias em reunião nesta quinta no Paço Municipal.

Em reunião nesta quinta-feira com o prefeito Marquinhos Trad, representantes de academias de Campo Grande pediram a reabertura do setor. A principal alegação é de que as atividades físicas aumentam a imunidade e podem colaborar com o controle da covide-19.

“As academias devem voltar para salvar vidas, as academias não são lazer, são bem estar. Apenas a atividade física nas ruas não é suficiente. Nós cumprimos todos os protocolos, conforme foi combinado”, disse Jonimar Guimarães, em nome da Associação de Academias do Estado.

Ao grupo, o prefeito lembrou que o que prevalece agora é o decreto estadual, que passa a vigorar amanhã e até o dia 4 de abril proíbe a abertura de academias, salões de beleza, clinicas de estética e até cirurgias eletivas, como forma de reduzir a ocupação de leitos hospitalares e a taxa de contágio que está em 1.4 em mato Grosso do Sul.

Como o decreto do Estado se sobrepõe ao que é definido pela prefeitura, Marquinhos se comprometeu a acompanhar reunião com o governador Reinaldo Azambuja, na próxima segunda-feira (29).

Representantes de outras categorias também participaram da conversa com Marquinhos. Uma das solicitações foi a isenção da Cosip, taxa de iluminação pública, enquanto durarem as restrições. Mas o município é legalmente impedido desse tipo de corte.

Os empresários também pediram ação mais rígida contra festas clandestinas. "Essas festas são as verdadeiras portadoras do mal. Eles fazem a desordem total", comentou Fuad Salamene, representante dos motoristas de aplicativos.

O grupo também pediu para que a prefeitura faça um reordenamento das unidades de saúde, para dividir em dois grupos, um aberto apenas para a vacinação e outro para testagem de covid. "Acontece que atualmente as duas coisas são feitas no mesmo lugar, e os idosos que vão se vacinar têm contato com pessoas com sintomas da doença".

O prefeito Marquinhos Trad assumiu o compromisso de verificar a possibilidade de fazer esse reordenamento e informou que as blitze na madrugada já foram reforçadas para combater festas clandestinas.

Hoje tramitam na Câmara MUnicipal e na Assembleia Legislativas duas propostas para que as academias sejam inseridas no rol de atividades essenciais.



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário