A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/07/2011 18:10

Dor e tristeza marcam velório do gerente morto durante assalto

Viviane Oliveira

O corpo de Carlos será sepultado amanhã

Corpo de Carlos, está sendo velado na Pax Universo. (Foto: Simão Nogueira) Corpo de Carlos, está sendo velado na Pax Universo. (Foto: Simão Nogueira)

Está sendo velado na Pax Universo o corpo do gerente Carlos Expedito Ferreira Boccia, 41 anos, que morreu no assalto ao mercado localizado na Rua da Pátria, bairro Taveirópolis, em Campo Grande, ocorrido na noite de ontem.

De acordo com o amigo da família Luiz Carlos Gomes, 46 anos, que mora no bairro há 23 anos a notícia da morte de Carlos foi um susto para todos da região. Ele trabalhava no supermercado há 25 anos, todo mundo conhecia ele.

Ele lembra que o “Carlão”, como é conhecido começou a trabalhar no supermercado moleque como faxineiro. “Esse é o primeiro emprego dele”, disse Luiz.

Luiz conta que já presenciou um assalto em um açougue próximo do supermercado. “A região está muito perigosa, de uns três anos para cá aumentou muito a criminalidade na região”.

Muito abatido o proprietário do supermercado, Manuel de 58 anos, não quis falar sobre o assunto, mas confirma que Carlos era como se fosse um filho para ele.

O corpo de Carlos será sepultado amanhã, ainda não tem horário definido, no cemitério Santo Antônio localizado na Avenida da Consolação, s/n, Vila Santa Dorotéia.

Assalto - O assalto aconteceu por volta das 19h20 de ontem (5). Os dois assaltantes entraram no mercado e anunciaram o assalto. Um deles foi em direção ao caixa para pegar o dinheiro.

O policial militar estava em uma loja em frente ao mercado, ouviu pessoas dizerem que estava ocorrendo um assalto e então entrou no comércio.

O assaltante identificado pelo nome de Maycon Higor Aquino Paes, de 18 anos, viu o policial, que não estava fardado, pois estava em folga, e apontou a arma de fogo que portava. Diante da situação, o militar atirou contra o bandido.

Houve troca de tiros, Maycon acabou baleado e morreu no local. Carlos Expedito, que também foi atingido por um disparo, ainda chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa.

Durante a troca de tiros, o comparsa de Maycon, um adolescente de 17 anos, conseguiu fugir do mercado, mas foi encontrado próximo ao local do crime. Ele estava ferido com dois tiros e teve que ser levado para atendimento médico no Hospital Universitário.

O garoto foi reconhecido por testemunhas e confessou a participação no roubo.



parabéns ao policial ,bandido na nossa capital não pode ter chance.os nossos policiais são muito bem treinados.E merece medalha pois não é facil um revolverr na nossa cabeça e o bandido chamar a gente de vagabundo,e sair rindo de nós trabalhadores.o policial foi exemplar.se vocês que fizeram comentário tiveram um revolver em sua cabeça alguma vez? voces entendem que não dá tempo para pedir reforço.só a deus por aparececer uma alma boa para te ajudar.e nesse caso apesar da fatalidade do trabalhador meus pesames aos familiares.menos um bandido na nossa capital.parabens ao policial
 
orlanda conceição da silva em 07/07/2011 12:46:01
INGRAÇADO SE O POLICIAL TIVESSE FICADO AI ESSE CARA IA FALA E O PILICIAL VIU TUDO E NAO FEZ NADA
 
cilvio candido em 07/07/2011 08:28:00
Isso mostra o qto nosso policiais estão despreparados, e não se trata de ser omisso, é preservar a vida dele e de outras pessoas, quem sera o assassino mesmo???Pô se ele observa e segue os bandidos, passa a informação para outros policiais não seria menos arriscado???isso não é omissão é precaução...Agora vem com aquela velha historia que na hr não pensa nada quer só resolver!!!!provando que não estão preparados para lhe dar com este tipo de situação, onde ele age com a emoção e não com a razão e com a técnica como seria o certo!!!Ah eles tem que aprender tbem que bandido não tem nda a perder...que quem perde nessa historia é a familia, era a pessoa honesta e o pai de familia que parte pela violencia de uns e despreparo de outros!!!!! Que Deus conforte a familia....
 
Elisa zocal em 07/07/2011 08:26:14
Com muita tristeza só tenho a dizer a éssa familia que perdeu seu ente querido,que ele está bem (esta sentado a direita de deus pai todo poderoso) Ruim esta para nós, e vai ficar pior, pois a criminalidade não para de aumentar. nós cidadãos do bem somos BURROS BURROS BURROS mesmos,pois a corrupção dos nóssos governantes (FEDERAL,ESTADUAL E MUNICIPAL) é tão gigante que não temos a capacidade de perceber isso e fazer algo para barrar éssa barbaridade cometida por eles.nós somos culpados de tudo, quem elege esses crapulas ? não quéro generalizar a corrupção praticada por eles, mas é só ver na midia o tanto de empreiteiras envolvidas em golpes contra nóssa sociedade. porquê elas? é dai que sai a maior parte do dinheiro publico(DESVIO DE VERBAS) se esse desvio fosse barrado não tinhamos tantos defits na SAUDE , SEGURANÇA,EDUCAÇAO.etc... Desculpas a todos, só estava desabafando.
 
amilton almeida em 07/07/2011 07:12:55
Morei ai a uns vinte anos, e ha uns tres ouço falar desse tipo de assalto, em pleno céculo vinte e um isso ainda acontecendo.Meus pessames a familia.
 
marcia de Rochedo em 07/07/2011 01:38:39
Meus sentimentos para família enlutada.Que Deus dê força para todos, nesse momento de tanto sofrimento e revolta.
Pena que morreu, só um VERME DELINQUENTE... espero que o outro vá logo.
Infelizmente, uma pessoa inocente e trabalhador.Pelo visto, muito querido por todos teve sua vida ceifada,em virtude da violência que cresce cada dia.Pior agora, com essa tal lei, que entrou em vigor essa semana.
Vamos nos proteger a nosso modo...porque a Segurança Pública,não vai conseguir coibir tanto Marginal,por mais que a Polícia tenha boa vontade.
 
neyde de oliveira em 06/07/2011 09:35:33

Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
Meus sentimentos a família do Sr.. Carlos. Enquato o dinheiro dos nossos impostos são desviados, os trabalhadores honesto estão morrendo pelas mãos dos bandidos "jovens que deveriam estar numa sala de aula ou trabalhando" mas nossos políticos querem assim. Então só nos resta pedir proteção DIVINA.
 
gloria aparecida em 06/07/2011 09:09:24
A bala que matou o gerente partiu da arma do bandido ou do policial? O procedimento do policial foi correto? Ele deveria ter acionado um reforço e não querendo dar uma de herói e colocar a vida de outras pessoas em risco.Louvo e valorizo os policiais militares mas acho que devem ser melhor preparados.
 
Luciano M. de Almeida em 06/07/2011 07:52:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions