A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

05/07/2018 22:49

Droga apreendida após perseguição seria levada para Santa Catarina

Adriano Fernandes
Caminhonete onde foi encontrada a droga. (Foto:  Danielle Valentim)Caminhonete onde foi encontrada a droga. (Foto: Danielle Valentim)

Maconha apreendida em uma caminhonete modelo Hilux, após perseguição esta manhã (05) na Avenida Marechal Deodoro, seria levada para a Santa Catarina, segundo a polícia. Os 839 quilos da droga eram transportados por Jorge Andrei Gouveia, de 42 anos, que foi baleado e preso pela PM (Polícia Militar) no fim da manhã desta quinta-feira (5).

A camionete tinha placas falsas e também havia sido roubada em Santa Catarina. No carro, além de outra placa falsa do Paraná também foi localizado um rádio amador. Os objetos, a droga e um revólver calibre 38 e munições que estavam com o traficante foram entregues na Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Perseguição

Jorge foi baleado depois de fugir em alta velocidade e sacar arma para a equipe do 10º Batalhão, Pelotão Aero Rancho. Tudo aconteceu na avenida Marechal Deodoro em frente ao Hospital Regional de Mato Grosso do Sul e ao Terminal Aero Rancho. Informações da inteligência da PM levaram a equipe a acompanhar o veículo, uma Toyota Hilux, que trafegava em direção à saída para Sidrolândia.

Mas o traficante percebeu a presença da viatura e iniciou fuga em alta velocidade passando inclusive por dentro do Terminal Aero Rancho. Foi quando os militares decidiram fazer a abordagem. Ao pararem o veículo, o condutor desceu com um revólver calibre 38 em punho. Ele, contudo, foi baleado no braço esquerdo e imobilizado. Sob escolta, Jorge Andrei foi levado para atendimento no pronto-socorro do HR.

Ao vistoriaram o veículo, policiais descobriram que a suspeita não era em vão. A carroceria de caminhonete estava abarrotada de tabletes de maconha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions