A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

30/04/2019 09:49

Duas pessoas procuram a polícia depois de terem WhatsApp clonado

Nos dois casos, golpistas pediram dinheiro aos contatos das vítimas

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Casos foram registrados na Depac do Centro. (Foto: Paulo Francis)Casos foram registrados na Depac do Centro. (Foto: Paulo Francis)

Duas pessoas tiveram o WhatsApp clonado e procuraram a polícia na tarde de ontem (29) para denunciar o crime. Em ambos casos os golpistas se passaram pelas vítimas e pediram dinheiro aos contatos do aplicativo.

No primeiro caso, um homem de 47 anos recebeu uma mensagem de uma pessoa que se passou por funcionário de um site de anúncio de venda de veículos. Ele disse que encontrou na página um anúncio em nome da vítima e que mandaria um código de confirmação para o celular do homem para que a oferta permanecesse no site.

Logo após receber a mensagem com o código de confirmação, a vítima teve o WhatsApp clonado. Em seguida, vários de seus contatos receberam mensagem de alguém se passando pelo homem solicitando dinheiro emprestado. Ainda segundo a ocorrência, nenhuma das solicitações de depósitos foram concluídas.

No segundo caso, um homem de 32 anos disse à polícia que também teve o WhatsApp clonado e, com seu número, o golpista estava pedindo que os contatos depositassem a quantia de R$ 600 para pagar um despachante.

Conforme a ocorrência, um amigo da vítima chegou a depositar a quantia em uma conta fornecida pelo golpista.

Os dois casos foram registrados na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions