A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

28/12/2017 17:35

Dupla é vigiada e presa com 1,4 kg de cocaína, armas e R$ 21 mil

Nyelder Rodrigues e Mirian Machado
Drogas, dinheiro e armas foram apreendidas em casa usada como base pelos traficantes (Foto: Marcos Ermínio)Drogas, dinheiro e armas foram apreendidas em casa usada como base pelos traficantes (Foto: Marcos Ermínio)

Dois traficantes foram presos após serem monitorados pela equipe da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) e flagrados, na manhã desta quinta-feira (28), com R$ 21 mil em dinheiro, 1,4 kg de cocaína já em pó, uma arma de fogo, três celulares e várias munições.

O trabalho dos agentes começou ontem, quando uma denúncia foi recebida pelo WhatsApp da delegacia - o número para denúncias é o (67) 99995-6105. Os policiais observaram durante todo o dia a atividade dos traficantes Marllon Robyson Pinheiro Trelha, de 31 anos, Thiesero Luan Quevedo dos Santos, de 24.

A dupla, que está solta há dois anos e tem várias passagens policiais, inclusive por tráfico de drogas, porte ilegal de armas, sendo que Marllon chegou a cumprir prisão por 10 anos, estava na rua General Arthur Sóter, no Jardim Samambaia - localizado na região leste de Campo Grande.

Lá, fica a casa onde a distribuição de drogas, em vários pontos na cidade e também em disk-entregas, era centralizada. As drogas também eram enviadas para outros estados, a partir da casa.

Na manhã de hoje, os dois saíram em um carro Chevrolet Cruze e entraram no Anel Viário, onde foram abordados perto do posto de combustíveis Caravaggio. Thiesero e Marllon estavam com R$ 11 mil e falaram que iam para a casa da mãe de Marllon - ele mora com ela no Maria Aparecida Pedrossian, enquanto Thiesero mora no Aero Rancho.

De acordo com a Denar, a dupla foi levada até a casa onde foi iniciada as investigações. Lá. mais R$ 10 mil foram encontrados, além da cocaína, a arma Glock calibre 45, que é de uso restrito das Forças Armadas, três celulares, três carregadores, diversas munições, seis munições calibre 9 mm, 16 calibre .380, duas de calibre 38 e 13 de calibre 45.

As drogas estavam escondidas no forno do fogão da casa. Além desses materiais, também foram apreendidos os carros Chevrolet Cruze e um Fiat Uno que estava com a dupla de traficante.

Thiesero afirmou que comprou a arma por R$ 8 mil no Paraguai e, junto com Marllon, ficará preso por tráfico de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Os carros, no momento, passam por perícia. O caso segue sob investigação em busca de mais envolvidos, já que as drogas seriam embaladas de maneira "industrial", o que indica que o esquema é maior do que o descoberto por ora.

Dupla estava solta há apenas dois anos e foi presa nesta quinta-feira (Foto: Marcos Ermínio)Dupla estava solta há apenas dois anos e foi presa nesta quinta-feira (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions