A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

26/04/2019 13:57

Em 13 dias de campanha, mais de 35 mil pessoas foram vacinadas contra gripe

Meta é imunizar 219.615 pessoas dos grupos de risco; vacinas estão disponíveis nas unidades básicas de saúde

Liniker Ribeiro
Criança sendo vacinada durante campanha de imunização na Capital (Foto: Henrique Kawaminami)Criança sendo vacinada durante campanha de imunização na Capital (Foto: Henrique Kawaminami)

Em pouco mais de 10 dias, 35.721 mil pessoas que fazem parte dos grupos de risco foram vacinadas contra gripe em Campo Grande. O número é da Superintendência de Vigilância em Saúde, divulgado nesta sexta-feira (26), e leva em consideração doses aplicadas entre os dias 10 e 23 de abril.

O total representa 16,26% das 219.615 pessoas que a Sesau estima imunizar até o fim da campanha, em 31 de maio. Entre os vacinados, pouco mais de 30% são gestantes, enquanto outros 29% foram crianças de 6 meses a menores de 6 anos, que fizeram parte do grupo de risco da primeira etapa.

Na Capital, a vacina está disponível nas 68 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e UBSFs (Unidades Básicas de Saúde da Família. Estes locais estão abertos de acordo com o horário estabelecido por cada unidade para atender a população do grupo de risco.

No próximo fim de semana, a vacinação continuará sendo realizada em quatro Centros Regionais: Nova Bahia, Tiradentes, Aero Rancho e Coophavilla II. As salas de vacinação estarão abertas das 6h15 às 17h45, sem intervalo para o almoço.

Além das gestantes e crianças, idosos (com 60 anos ou mais), mulheres até 45 dias após o parto, trabalhadores de saúde, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, além de professores de escolas públicas e particulares, também estão entre os grupos de risco.

Para receber a dose, é preciso apresentar o Cartão Nacional de Saúde e/ou número prontuário da rede de saúde de Campo Grande (Hygia); documento pessoal de identificação; e a caderneta de vacinação (caso tenha).

Além dos documentos exigidos para todos, os profissionais de saúde devem apresentar a carteira de conselho ou holerite; as gestantes e puérperas: cartão da gestante, laudo médico ou exames com identificação; os indígenas: cadastro na SESAI; e os os policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas: documentos comprobatórios que informe a condição de policial civil ou militar.

Na próxima segunda-feira (29), inicia a vacinação com o trailer na Praça Ary Coelho. Este posto de vacinação imuniza exclusivamente contra a influenza e funciona das 7h15 às 16h45.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions