A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/03/2011 08:49

Março já registrou mais chuva do que o previsto para o mês na Capital

Aline dos Santos
Chuva tranforma rua em rio no bairro Santo Antônio. (Foto: Simão Nogueira) Chuva tranforma rua em rio no bairro Santo Antônio. (Foto: Simão Nogueira)

Os primeiros quatros dias de março já acumulam mais chuva do que o previsto para todo o mês em Campo Grande. De acordo com o meteorologista da Anhanguera/Uniderp, Natálio Abrahão, a previsão era que o mês registrasse 162 mm (milímetros) de precipitação, mas já choveram 177 mm.

E o tempo chuvoso deve perdurar pelo menos até a Quarta-feira de Cinza. “No sábado, o tempo deve abrir à tarde. Mas volta a fechar”, afirma o meteorologista. Desta forma, o Carnaval deve ser debaixo de muita água na Capital.

O Verão, que termina no próximo dia 20, se despede fazendo jus o título de estação das chuvas. Em 2010, por exemplo, o mês de março registrou 247 mm de precipitação.

Em Campo Grande, as águas de março formam cenário de casas alagadas, ruas que viram rios e vias esburacadas. Como na canção de Tom Jobim, para muitos, é o fim do caminho.

Como no bairro Santa Emília, onde Avenida Conde de Boa Vista foi alagada. Passar de carro ou moto pela avenida é arriscado, e os moradores contam que diversos acidentes já aconteceram em meio ao “riacho”.

Já no do cruzamento da avenida Júlio de Castilho com a rua Presidente Vargas, é um buraco que atrapalha o tráfego. Para sinalizar o perigo, moradores do bairro Santo Antônio colocaram uma máquina de lavar roupa.

Ontem, a fortes chuvas que atingem Campo Grande durante esta semana obrigaram duas famílias a deixarem suas residências, conforme a Defesa Civil. As famílias são dos bairros Santo Antônio e Santa Emília.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions