A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/03/2011 19:36

Em 24 horas, bombeiros atendem 21 alagamentos em Campo Grande

Jorge Almoas e Viviane Oliveira

Desde ontem até esta quinta-feira, o Corpo de Bombeiros atendeu 21 ocorrências de alagamento em Campo Grande. A forte chuva que atinge a cidade desde o início da semana causou estragos, prejuízos e remoção de famílias que residem em áreas que sofrem com a precipitação mais intensa.

De acordo com os bombeiros, os bairros mais afetados foram Santo Antonio e Jardim Imá, ambos na região da Avenida Julio de Castilho.

As ruas do bairro Santo Antonio continuam alagadas desde ontem. Diversas casas foram alagadas e o Corpo de Bombeiros é presença frequente na região. Informações dão conta que uma equipe permaneceu a noite toda em uma única residência no bairro.

No Santo Antonio, a situação é mais complicada. Para retirar a água da chuva das residência e terrenos alagados, o Corpo de Bombeiros utiliza motobombas para sugar o excesso de água. No entanto, como as ruas permanecem alagadas, não há para onde escoar a água pluvial.

Na Rua Antonio João Ferreira, a família do açougueiro Nestor Nunes, de 60 anos, foi orientada a deixar a residência. Mas, por conta do preço cobrado pelo aluguel, a opção é permanecer na casa, cercada de água por todos os lados.

“Não temos como sair daqui. Querem cobrar R$ 500 no aluguel de uma casa e não podemos pagar. O jeito é se virar por aqui mesmo”, relata Marli Aparecida Vieira, que mora na mesma casa que Nestor.

Já no Santa Emília, a cadeirante Márcia de Assis da Costa terá que ser retirada da casa. Desde domingo, a família enfrenta o alagamento no terreno e residência.

No início da noite de hoje, mais 10 ocorrências de alagamento foram registradas pelo Corpo de Bombeiros. A previsão é que a chuva continue forte pelos próximos dias em Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions