A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/05/2011 19:20

Em 4h, 14 testemunhas falam sobre morte de Brunão e comportamento de Luna

Nadyenka Castro

Seguranças dizem que vítima não agrediu autor

Cristhiano Luna, após a audiência, acompanhou depoimento de 13 testemunhas. (Foto: João Garrigó)Cristhiano Luna, após a audiência, acompanhou depoimento de 13 testemunhas. (Foto: João Garrigó)

Durante toda a tarde desta quinta-feira, acusação, defesa e o juiz Aluízio Pereira dos Santos, responsável pelo processo em que Cristhiano Luna de Almeida é acusado pela morte de Jefferson Bruno Escobar, ouviram depoimentos de pessoas sobre o caso.

A audiência começou por volta das 13h30min e só terminou quatro horas depois. Neste período, 14 testemunhas de acusação prestaram depoimento sobre o que aconteceu na madrugada do dia 19 de março deste ano na casa noturna onde Brunão, como Jefferson era conhecido, trabalhava e foi morto.

Também prestaram depoimentos um segurança que relatou o comportamento agressivo de Cristhiano em outro bar de Campo Grande e Rafael de Freitas Mecchi que foi agredido pelo réu em março de 2009 e pediu para que o réu saísse da sala de audiência.

A maioria das oitivas foi de seguranças que presenciaram alguma cena - fora ou na calçada da casa noturna- envolvendo Brunão e Cristhiano Luna. Dois garçons também foram ouvidos, assim como um adolescente vendedor de bombons apontado pela Polícia Civil como uma das principais testemunhas.

Grande parte dos depoentes relatou que foi preciso mais de um segurança para tirar Cristhiano Luna de cima de Brunão; que a vítima se defendia de Luna enquanto este lhe desferiu soco e que o acusado tirou a camiseta e chamou para briga outros trabalhadores do local, enquanto Brunão passava mal.

Também foi relatado que Luna passou a mão nas nádegas de um garçom, o qual também teria sido vítima de injúria praticada pelo réu; e que o acusado quase agrediu o chefe dos seguranças naquela madrugada.

Uma das testemunhas, outro garçom, contou ainda que Cristhiano Luna pediu desculpas a Brunão e que o bacharel em Direito, junto com amigos, ingeriu duas garrafas de vodka, sendo no copo com energético e até no “bico” da embalagem.

Foram ouvidos nesta tarde também um amigo de Luna que o acompanhou até em casa no dia dos fatos, o policial militar que o prendeu e o porteiro do condomínio onde ele mora.

O amigo será intimado para depor novamente na audiência de defesa. O policial contou que não conhecia o acusado e que o identificou como envolvido na confusão na casa noturna porque suas roupas estavam sujas.

O porteiro declarou que naquela madrugada Luna e amigos chegaram ao condomínio aparentemente tranqüilos e que após um deles ter recebido uma ligação no celular todos aparentaram ter ficado apreensivos.

Depois disso, o réu entrou no condomínio, saiu em seguida e voltou com as mãos na cabeça e a polícia do outro lado da rua. Para o porteiro, Cristhiano Luna se entregou e não foi preso. “Ele chamou um policial e se entregou”, relatou.

Ele falou ainda que durante seu depoimento à Polícia Civil, a delegada responsável pelo inquérito “ficava mais ou menos querendo mudar minhas palavras”.

Avaliação- Para o advogado Ricardo Trad, responsável pela defesa do réu, a audiência “foi muito boa, ótima”, disse referindo-se ao fato de ter sido afirmado pelas testemunhas que foi preciso mais de um segurança para tirar Cristhiano - que mede 1.70m e pesa 75Kg, segundo ele próprio, de cima de Brunão, que era mais alto e aparentava pesar mais.



Engraçado,quando um segurança junta meia dúzia e acaba tomando a pior vira caso de polícia,é claro é uma morte tem que ser esclarecida,agora 1/2 dúzia de caras que é pago para conter tumultos levar uma surra de só um cara, é lamentável.As imagens no vídeo mostram que o acusado foi agredido por mais de 5 "seguranças",agora como pode acusar só o Cristiano pelo fato ter agravado?.Se o estabelecimento tem suas normas e essas são violadas,não cabem aos seguranças juntares 1/2 dúzia e sair bicudando o cara,afinal qual é o papel da polícia?,não deveria ser chamada antes da pancadaria?.Não os "seguranças" não acreditavam no azar se garantiam totalmente.Infelizmente levaram a pior.Mesmo assim não serviu de exemplo às lojas Americanas tem uma vasta ficha àcerca do caso.
 
Dário Silva em 07/05/2011 06:00:47
Uma das testemunhas, outro garçom, contou ainda que Cristhiano Luna pediu desculpas a Brunão e que o bacharel em Direito, junto com amigos, ingeriu duas garrafas de vodka, sendo no copo com energético e até no “bico” da embalagem.,,,,
a gente é só pegar o depoimento do menino que vendia bombons na frente...isso é uma pouca vergonha pra justiça do Brasil!!
 
Pedro Henrique em 06/05/2011 12:57:22
O que mais me admira é o senhor Ricardo Trad dizer que seria impossível Luna fazer injúrias contra o garçom, sendo ele (Luna) também descendente de negros. E ao ser questionado por um jornalista que ficou ao lado de Luna, que disse "fiquei lado a lado com o acusado e possuo a mesma cor de pele que ele (branca) o senhor Trad então respondeu: "não é possível, então você branqueou agora".
Por favor Sr. Trad se não tem o que dizer, fique quieto!! Pare de falar asneiras!
Tem que ter muita cara de pau pra falar isso. Não tem nem vergonha!!
 
Joceane Paula Zanon em 06/05/2011 12:07:49
Eu acredito na justiça do homen e de Deus esse cara vai ser condenado ele e de ma induli ele nao vai parar de matar gente nao cadeia nele
 
jose carlos em 06/05/2011 11:43:26
Nossa... usar os argumentos de que a delegada "ficava querendo mudar" as suas palavras, bem como que foi "muito boa" a audiência, em que as testemunhas afirmam que foi preciso mais de uma pessoa para segurar o Cristhiano, mostra o desespero e a falta de provas para que o namorado da inteligente menina, pessoa de nome ignorado, não vá a Júri, consequentemente não seja condenado por homicídio duplamente qualificado. Muito fácil pra uma pessoa, que tem o histórico que tem, se valer de justificativas infundadas, para se ver livre de uma condenação. Realmente, um bacharel em direito, que bate "em Deus e o mundo", deixaria alguém ficar "mais ou menos querendo mudar as minhas palavras"... temos quer rir... ou perguntar, como seria isso, mais ou menos mudar???? Não sabemos, pois instrução pra dizer o que quis ele teve, não tenhamos dúvidas disso! Quanto as duas pessoas terem que segurá-lo, se mostra plenamente possível, não é porque ele era baixo que seria menos forte, principalmente quando falamos de uma pessoa que treinou durante anos um tipo de artes marcais. Mas, pra comprovar isso não precisa muito, só vermos os videos! Para a namorada dele, menina nova, espero que você tenha pai e mãe pra te instruir, porque certamente, ainda com todo esse "amor", você irá ficar sem ele e sofrerá maiores consequências por ter levado o relacionamento adiante.
 
Maria da Penha em 06/05/2011 11:12:57
O advogado dele é bom !!! e caro !!! o cara tem que ter dinheiro pra pagar !!!!
Vamos ver no final de tudo o que vai acontecer, se isso não vai dar em nada,
se o advogado vai conseguir que este rapaz não seja responsabilizado pelos seus atos, como seus pais devem ter feito até agora.
Esse tipo de falta de educação por parte dos pais que cria maus elementos como este.
Sempre defendendo e não educando os seus filhos, não mostrando que há consequencia pelos atos. Aquele tipo de pais que dizem assim : " isso não é nada . . . é briga de criança . . . ele quebrou o dente do amiguinho, mas não foi nada . . . isso é faze, um dia ele para de brigar . . . ta chutando a canelinha do amiguinho, só ta querendo chamar a atenção, que bonitinho . . . não foi nada não o teu filho tá chorando atôa . . . vou colocar numa academia para ele controlar a vontade de bater nos outros . . . pede desculpa meu filho - isso muito bom . . . foi sem querer né filhinho"

Olha o que deu
"Vou contratar um advogado bom pra defender o meu filho, afinal de contas ele nunca teve culpa de nada, esse segurança morreu por azar . . ."
 
jose antonio em 06/05/2011 10:31:13
"O Brasil precisa ter justiça, as pessoas precisam sentir na pele o mal que fizeram à outros..."
 
Ana Paula Fenelon em 06/05/2011 09:54:00
O sujeito gosta de passar a mão nas nádegas de garçon... Estranho, hein
 
Luis Otávio em 06/05/2011 09:49:19
A maior vergonha que existe é a corrupção na justiça. Infelizmente sabemos que determinados advogados é só entrar na jogada que ganham qualquer processo. E pior, estes só defendem bandidos... resultado... todos os bandidos soltos na rua livres para matar outras pessoas de bem...
 
Antônio Carlos em 06/05/2011 09:35:46
Engraçado, o video mostra com toda claresa o que aconteceu e como terminou o fato.
o proprio passado do rapaz ja condena, infelizmente a justiça faz vistas grossas ao caso querendo remendar uma coisa que jamais terá um concerto, ou ele tem o direito de sair por ai dando porrada, passando a mão nas pessoas, batendo?

FALEI E TA FALADO
 
jose junior em 06/05/2011 08:49:59
Não sei não, mas essa delegada parece que está querendo mudar os fatos, será que é algum conhecido dela ?
 
jackline Siqueira em 06/05/2011 08:44:55
È muito fácil montar uma acusação contra esse jovem, as testemunhas são quase todas pessoas que trabalhavam no local todas dizendo as mesmas coisas. na notícia nós podemos ver que até a delegada queria mudar o depoimento do porteiro que conhece Cristiano, acho que delegada tem que ficar quieta não opinar em depoimentos. A unica pessoa que não são do bar é o Rafael e o jovem que vendia bombons no local. No meu modo de raciocinar, pois também sou jovem é que ninguém apanha de graça.
 
Eduardo Nantes em 06/05/2011 08:31:19
esse menino esta sendo bandeira de cobrança de atitude social moral familiar de todos os outros jovens, ele e lutador, bebe, estuda, vive a vida com namorada, esse perfil tem varios em campo grande e porque nao se dizer no brasil, filhos que se tornam adultos e os pais querem viver a sua vida tambem e nao conseguem ter controle sobre o jovem, quem e pai sabe muito bem disso e que muito dificil lutar contra o que a televisao mostra, o que as mas companias colocam na cabeça deles, e problematico demais, eles sao indomaveis eles nao tem mais medo de bicho papao, so que a cuca o bicho papao , sao crimes cadeia, cobrança da sociedade, que isso sirva de liçao para quem acha que beber vodcka com wisck com energetico, que isso e uma porrada para o cerebro aminesia alcolica, isso veio so da merda, entao tenhao medo do bicho papao , como eu tinha, se eu fizesse algo errado papai do ceu nao ia gostar, entao tudo mudou so que a gora nao e mais susto, brincadeira, o negocio e feio, uma cadeia e ultimo estagio para qualquer ser humano, depois veio e cemiterio, entao pensa bem para nao se enfiar mais para dentro desse buraco que a vida lhe serve como a comida do dia. cuidado pensem bem a vida e longa. da para se fazer tudo, e outra nao precisa beber tudo em um dia so. faça tudo devagarinho, nada acaba tudo se produz mais.e mais entao viva tranquilo se arrependa, dessa historia unica coisa que nao volta mais e a vida do menino que era segurança.
 
luiz fernandes em 06/05/2011 08:16:52
fico injuriado com os comentários das pessoas que comentam esta reportagem, como pode alguem ainda defender um rapaz deste que se acha a ultima bolacha do pacote que pode ir dando pancada e provocando um trabalhador que esta lá para cumprir a função a qual foi contratada, ficou provado nos videos que o segurança apenas tentava levar o moleque para fora , hora nenhuma se ve nos videos o segurança dando chutes , socos n o moleque e sim o inverso pontapés e socos do moleque e o segurança se defendendo e tentando cumprir o seu dever de retirar um baderneiro do meio das pessoas de bem, é Sr Ricardo Trad , concordo com o Sr. o Brunão era mais alto , mais pesado que o cristhiano e se realmente isso quer dizer que tenha mais força só me faz ter a plena certeza que se o Bruno com estas caracteristias que o sr. diz ser suficiente para acalmar o rapaz e ele tivesse reagido na mesma moeda, a esta hora quem estaria morto era o cristhiano e com certeza que estaria mofando na cadeia seria o Bruno que não tem cacife para te pagar.
 
Paulo Almeida em 06/05/2011 04:15:51
[Ele falou ainda que durante seu depoimento à Polícia Civil, a delegada responsável pelo inquérito “ficava mais ou menos querendo mudar minhas palavras”.]

Isso na opinião de uma pessoa simples, e que não é parente do réu, apenas o porteiro.

Falta de experiência de uma delegada + glamour em cima de uma acusação
onde a mídia e o clamor público confunde culpa e dolo, inquérito e especulação, morte e assassinato, e assim por diante.
 
Ana Maria em 06/05/2011 02:30:17
Agora ele abaixa a cabeça, não encara as câmeras fotográficas, a imprensa... Por que não tira a camisa, bate no peito e chama pra briga agora? Porque agora virou santo, tadinho!!! Esse coitado vai amargar dias de "donzela" na cadeia, rsrs
E a namoradinha vai poder visitá-lo aos domingos, depois de passar pela revista íntima na entrada da máxima, é claro
 
Ana Oliver em 06/05/2011 02:15:23
Srs., Ele vai ser julgado e quem sabe ser condenado, mas o que me chamou a atenção foi a namorada dizer que foi uma fatalidade, que ele não saiu de casa pensando em matar. Mas pensando nisso namorada de Luna, ele não é adolescente, é formado em uma graduação, uma pessoa com a idade dele formada, não teria que dia de semana estar em casa descançando para ir trabalhar: e porque ele arrumou briga em outras vezes, todas elas eram para defender os amigos, ou será que está na indole dele querer sempre afirmar que é valente: e outra coisa, vocÊ que é namorada aceita ele sempre beber e sair com amigos, vocês têm um relacionamento sério mesmo: ou ele estava te usando: ou você deve ser igual a ele, bebe bte e sempre na noitada, esse é nosso Brasil, sempre pensando no futuro...acho que ele nunca pensou em casar com vc, pois te tratando dessa forma, você não pode valer muita coisa para ele..cuidado como ele pode querer defender vc de alguem..ou dele mesmo..
 
Maria de Cassia em 05/05/2011 08:04:10
Esse mosntro vai voltar para a cadeia ,porque ainda nao acabou esse pesadelo,nos vamos vencer essa batalha e ele vai sentir gosto da cadeia de novo,afinal ele so conseguiu uma liberdade provisoria.jure popular nele!
 
junior celso gomes vieira em 05/05/2011 07:59:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions