ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Em 5 horas, manifestação reuniu 30 mil nas ruas segundo a PM

Por Francisco Júnior | 20/06/2013 21:18
Multidão seguindo para a Câmara Municipal. (Foto: João Garrigó)
Multidão seguindo para a Câmara Municipal. (Foto: João Garrigó)

A primeira de uma série de 3 manifestações marcadas para Campo Grande começou com vários grupos divididos pela cidade, que juntos somaram 30 mil pessoas, segundo a Polícia Militar. A noite foi de famílias inteiras na principal avenida da cidade.

O movimento I Ato Público de Apoio a Manifestação Nacional, criado no Facebook, tem um número bem maior de adesão, fala em 80 mil manifestantes nesta quinta-feira.

A Afonso Pena ficou interditada da altura da Calógeras até os Altos da Afonso Pena por cerca de 4 horas. O trânsito ficou bastante tumultuado, porque os agentes de trânsito ficaram apenas na Afonso Pena. A confusão ocorreu nas ruas 15 de Novembro e Barão do Rio Branco.

Foram dois pontos de concentração, antes do início das passeatas. O principal na Praça do Rádio Clube e outro na Ary Coelho. Um dos grupos começou o protesto uma hora antes do previsto, às 17h30. O outro saiu cerca de uma hora depois. Ambos percorreram a Afonso Pena e tiveram como primeira parada a Câmara Municipal.

Depois, parte dos manifestantes seguiu até a Câmara Municipal, onde cerca de 15 mil pessoas ficaram por quase 2 horas, sob gritos contra o Legislativo Municipal.

Ao mesmo tempo, outro grupo permaneceu em frente à sede da prefeitura, tendo como principal alvo o prefeito Alcides Bernal. Pela cidade, algumas pessoas ainda se aglomeraram em frente ao prédio do governador André Puccinelli, na rua Euclides da Cunha. Também houve quem teve disposição de seguir até a obra do Aquário do Pantanal.

Apesar de, pelo menos, 4 grupos espalhados pela cidade, por fim todos se encontraram em frente ao Paço Municipal, quando os manifestantes começaram a se dispersar.

Veja as fotos da manifestação:

Confira a galeria de imagens:

  • Depois de protestarem em frente à Câmara, manifestantes voltam para centro da cidade. (Foto: João Garrigó)
  • Visão do alto passeata na Avenida Afonso Pena em frente ao shopping Campo Grande. (Foto: João Garrigó)
  • Multidão reunida na Praça do Rádio Clube. (Foto: Cleber Gellio)
  • Estudante pinta rosto como forma de protesto. (Foto: Cleber Gellio)
  • Manifestante coloca a bandeira do Brasil em monumento na Praça do Rádio. (Foto: João Garrigó)
  • Um dos grupos de manifestantes seguem para a Prefeitura. (Foto: João Garrigó)
  • Avenida ficou tomada por manifestantes. (Foto: João Garrigó)
  • Bandeira do Brasil foi um dos itens mais usados durante o protesto. (Foto: João Garrigó)
  • Cartazes foi uma das maneiras que manifestantes encontraram para divulgar indignação e revolta. (Foto: Cleber Gellio)
  • Avenida Afonso Pena foi o principal trecho ocupado pela manifestação. (Foto: Cleber Gellio)
  • Frases com as palavras saúde e corrupção estampam centenas de cartazes. (Foto: Cleber Gellio)
  • Manifestantes gritam palavra de ordem durante o protesto. (Foto: João Garrigó)
  • Vários ruas da cidade ficaram tomadas pelos manifestantes. (Foto: João Garrigó)
  • Manifestante expõe cartaz feito para o movimento. (Foto: João Garrigó)
  • Famílias inteiras fizeram questão de participar da mobilização. (Foto: João Garrigó)
  • Aposentado fez questão de ir para as ruas participar do movimento. (Foto: João Garrigó)
  • Desde o  início da noite manifestação toma conta das ruas do centro. (Foto: Cleber Gellio)
  • Jovens de todas as idades marcaram presença na mobilização. (Foto: Cleber Gellio)
  • Jovem pede revitalização da antiga rodoviária. (Foto: João Garrigó)
  • Passeata na Avenida Afonso Pena próximo ao pontilhão da Avenida Ceará. (Foto: Cleber Gellio)
  • Protesto foi marcado por diversas  tipos de manifestação. (Foto:João Garrigó)
  • Manifestantes em frente ao shopping Campo Grande. (Foto: João Garrigó)
  • Vista aérea da manifestação. (Foto: João Garrigó)
  • Multidão se espalhou por grande parte da Avenida Afonso Pena. (Foto:João Garrigó)
  • Vários pontos da cidade foram tomados pelos manifestantes. (Foto: Cleber Gellio)
  • Alguns jovens foram de cara pintada para protestar. (Foto: Marcos Ermínio)
  • Manifestante protesta contra os políticos. (Foto: João Garrigó)
  • Manifestante invadiram o trânsito no centro. (Foto: Cleber Gellio)
  • Manifestante usou a bandeira do Brasil durante a manifestação. (Foto: Cleber Gellio)
  • Em cartaz, jovem faz menção aos protestos em todo o País. (Foto: João Garrigó)
  • Guardas municipais fizeram cerco em frente a Câmara. (Foto: Cleber Gellio)
  • Manifestantes tomaram conta da Concha Acústica Família Espíndola, na Praça do Rádio. (Foto: Cleber Gellio)
  • Ruas ficaram tomadas de manifestantes. (Foto: Cleber Gellio)
  • Manifestantes em frente à Câmara Municipal. (Foto:Cleber Gellio)
  • Manifestantes na entrada na Câmara Municipal. (Foto: Cleber Gellio)
  • Manifestante deitaram na avenida para impedir passagem de veículos. (Foto: Cleber Gellio)
  • Nos siga no Google Notícias
    Regras de comentário