A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/07/2012 19:05

Em meio a pombos, galinhas e cachorros idosa vive em condições subumanas

Viviane Oliveira
Pombos na cozinha. É possível ver fezes das aves em cima do fogão. (Foto: Simão Nogueira)Pombos na cozinha. É possível ver fezes das aves em cima do fogão. (Foto: Simão Nogueira)
No salão de alvenaria são criadas as galinhas. (Foto: Simão Nogueira)No salão de alvenaria são criadas as galinhas. (Foto: Simão Nogueira)

Além de morar em um lugar insalubre, sem condições nenhuma de moradia, uma idosa de 72 anos foi encontrada vivendo em meio a centenas de pombos, galinhas, gatos e cachorros.

O flagrante foi feito pela PMA (Polícia Militar Ambiental) na tarde desta segunda-feira (23) na rua José Paes de Farias, na vila Jacy, em Campo Grande.

A Polícia chegou até Dinorá Rodrigues Marlin através de uma denúncia anônima de que havia um criadouro de papagaios na casa. “Ao chegar no local constatamos de que não se tratava de crime, porém uma idosa vivendo em condições precárias, disse o sargento Carlos Marcelo Alexandre da Silva.

Dinorá conta que recebe um salário mínimo e mora na residência com as duas filhas. No terreno há um salão de alvenaria, mas a idosa vive na casa de madeira com três peças. A residência está com alguns cômodos descobertos e o local é tomado por fezes de pombos.

Apesar dos animais deixarem a casa imunda, a idosa não se importa com a sujeira. “O ruim é a chuva e o frio, mas não temos para onde ir”, lamenta Dinorá.

De acordo com os vizinhos, os pombos são atraídos por causa da comida que é colocada para as galinhas que são criadas, segundo a idosa, para consumo próprio. Como a casa não tem muro, os animais vivem na rua incomodando os moradores da região.

A assistente de trânsito Márcia Santos Fenero, de 50 anos, vizinha da casa, disse que faz tempo que convive com o problema. “Os pombos invadem o telhado da minha casa, aqui são centenas de aves, fora as galinhas que tomam conta da rua”, reclama.

Os vizinhos relatam que a morada da casa já foi agredida várias vezes pela filha. “Ela já me deu um pedrada no tórax e uma na boca, inclusive já quebrou um dente meu”, confirma a idosa.

A filha denunciada pelas agressões não estava na casa, já a outra chegou minutos depois do flagrante e muito nervosa disse que cuida da mãe e abriga os animais na casa porque tem dó.

Em um dos cômodos, foi encontrada uma cadela poodle que mal conseguia abrir os olhos de tão doente que estava. Sem geladeira, os pombos sobrevoam as panelas que estavam com comida em cima do fogão.

“Eu pretendo construir uma casa para a minha mãe”, disse a mulher, que afirma trabalhar cuidando de doentes em hospitais. A assistência social da Prefeitura foi acionada, mas informou que o caso está sendo analisado pela Promotoria do Idoso. Ninguém foi preso.



Sabe o que falta nesse país? Sabemos bem... RESPEITO. Principalmente àqueles que estão na velhice, que contribuiram pro seu país e hj são jogados à sorte com ninharia de aposentadoria. Cade a promotoria do idoso? Será que a lei é tão ignorada essa hora? Gente... isso é a realidade, pessoas idosas vivem assim por falta de assistência e são as que mais precisam... Tem bolsa isso, bolsa daquilo...
 
CRISTIANE ORTIZ em 24/07/2012 10:50:18
o Direito do idoso está só no papel! vamos lá pessoal acorda para realidadeeeee!!!!
 
maria inacia da rocha em 24/07/2012 09:30:28
Como disse perdoa quem julga por que vcs não sabem dos estão falando. Indiquei esta matéria ao Luciano Huck, espero que ele leia e faça um Doce lar para esta senhora.
 
Elizabete Campos da Silva em 24/07/2012 08:43:53
Ser idosa não justifica! pois se a pessoa não tem nenhuma deficiencia, tem como manter seu abitat limpo, pois tenho pessoas na familia que tem a mesma idade e a mais, e a casa dela e super limpa, isso se chama falta de ingiene, pois qualquer ser tem que cuidar de sua limpesza, isso que é gostar de sujeira...nao tem que culpar nimguém, tem pessoas que não gosta de fazer nada, e prefere vver assim
 
Marli P. Silva em 24/07/2012 08:10:03
Querida Luciana Fonseca, você já ouviu falar que algum dia Direitos Humanos visitou alguma família , por algum problema que não seja fora da Lei???? Direitos Humanos só funciona bem para presidiários. Eles não podem deixar "eles" sofrerem nenhum tipo de constrangimento. Pronto falei!!!
 
Isabel Almeida em 24/07/2012 01:34:38
Trabalha cuidando de doentes!!!!, não entendi, acho que ser pobre não é defeito, mas ser relaxado é o cúmulo (isso não muda nunca, já virou cultura) o poder público tem que interferir, por que é a saúde da população que esta em jogo, POMBO (come lixo hospitalar, traz todo tipo de doença), cachorro, outro animal transmissor de doenças, foras as galinhas, que através das fezes hospeda o mosquito que
 
Valter Vieira Alves em 23/07/2012 09:58:01
que me desculpem peloque vi essas 03 ai gosta é de sujeira, e a unica saida é sugerir que se mudem para algum sítio bem lá no meio do pantanal , afff quanta sujeira, uiiiiiiiiiiiii
 
ilma matos em 23/07/2012 09:47:07
Será que teremos que fazer denuncias mentirosas para que a polícia possa ir até o local ? Se ao invez de papagaios, fosse dito que as condições vividas pela pessoa eram inadequadas a polícia iria ? NÃO !!
 
marcos antonio smoliak em 23/07/2012 08:46:11
MEU DEUS ONDE ESTA OS DIREITOS HUMANO E DOS IDOSOS.ISSO NÃO PODE TÁ ACONTECENDO.......................................
 
luciana fonseca em 23/07/2012 08:05:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions