ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Em MS, 33 municípios tiveram chuva abaixo do esperado em março

Com -28%, Campo Grande é uma das cidades que registrou acumulado abaixo da média histórica

Por Jéssica Fernandes | 29/04/2024 13:22
Campo Grande é uma das cidades que ficou abaixo da média. (Foto: Alex Machado)
Campo Grande é uma das cidades que ficou abaixo da média. (Foto: Alex Machado)

O Estado registrou chuvas abaixo da média histórica no mês de março. Dados de abril do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de Mato Grosso do Sul) apontam que 33 municípios ficaram entre 0 a 80 milímetros, principalmente nas regiões centro-sul, leste e sudoeste.

Campo Grande é um dos municípios que registrou acumulado abaixo da média com -28% do esperado. Em março, foram 108,2 milímetros ante aos 149,6 da médica histórica. Dos 33 que não alcançaram a média, Jardim registrou a menor precipitação com acumulado de 18,6 mm, que representa 86% abaixo da média histórica de 133,7.

Outros que entraram na lista do Centec foram: Ponta Porã (-16), Rochedo (-32), Água Clara (-36), Paranaíba (-43), Sidrolândia (-28), Rio Verde de Mato Grosso (17), Bataguassu (-10), Bandeirantes (-9), Cassilândia (-10); Porto Murtinho (-64), Laguna Carapã (-66), Ivinhema (-59), Bonito (-59), Aral Moreira (-59), Caarapó (-56), Iguatemi (-49), Dois Irmãos do Buriti (-62), Dourados (-53), Nova Andradina (-45), Itaquiraí (-40), Nova Alvorada do Sul (-50), Miranda (-45), Maracaju (-46), Rio Brilhante (-39), Santa Rita do Pardo (-45), Itaporã (-35), Aquidauana (-29),  Corguinho (-46), Fátima do Sul (-34), Amambai (-31) e Corumbá (-23).

Dos 46 municípios analisados, apenas 13 das regiões norte, extremo norte e nordeste tiveram chuvas acima da média histórica, com acumulados de 120 a 240 milímetros. Nessa classificação estão os municípios: Sonora, São Gabriel do Oeste, Chapadão do Sul, Costa Rica, Camapuã, Ribas do Rio Pardo, Coxim, Pedro Gomes, Mundo Novo, Três Lagoas, Juti, Angélica e Nhecolândia (distrito de Corumbá).

Conforme o Cemtec, Sonora teve a maior precipitação com 390 milímetros de chuva acumulada em março de 2024. O número representa 106% acima da média histórica.

A média histórica é baseada nos dados climatológicos da estação meteorológica do Inmet, que é referente ao período de 1981 – 2010. Em março, conforme indica a Cemtec, a chuva acumulada ficou 87% abaixo da média histórica.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias