A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/04/2013 12:23

Em oito dias, chuvas já superam em 60% média histórica do mês de abril

Paula Maciulevicius
A previsão era de 105mm de chuva, mas em uma semana de abril, já choveu 168mm. (Foto: Vanderlei Aparecido)A previsão era de 105mm de chuva, mas em uma semana de abril, já choveu 168mm. (Foto: Vanderlei Aparecido)

Abrir a janela desde que o quarto mês do ano começou tem sido apreensão para os campo-grandenses, que já sentem saudades do sol escancarado. O céu ameaça e cumpre a promessa de trazer chuva todos os dias e o resultado, além dos alagamentos e da água invadindo ruas e casas, é a alta no volume de chuva registrado.

Só nestes oito dias de abril, já choveu 63 milímetros a mais do esperado para todos os 30 dias. A média história para o mês já fo ultrapassada em 60%.

Abril, segundo a meteorologia da Universidade Anhanguera Uniderp deveria fechar com 105 milímetros de chuva, se fosse seguir a média calculada. No entanto o tempo resolveu brincar com a matemática. Até hoje já choveu 168 mm em Campo Grande.

Na história dos meses de abril, a maior chuva registrada aconteceu em 1961, com 258,7 milímetros. Ano passado o volume também foi grande, de 182,6 mm, mas pelo jeito que a água está caindo, o valor logo fica para trás.

Chuva deste domingo alagou casas e ruas nos bairros Jardim Tijuca, Zé Pereira e Santa Emília. (Foto: Vanderlei Aparecido)Chuva deste domingo alagou casas e ruas nos bairros Jardim Tijuca, Zé Pereira e Santa Emília. (Foto: Vanderlei Aparecido)

Só neste domingo choveu 67,2 milímetros, mais da metade prevista para todo mês, que fez com que ruas e residências ficassem alagadas em vários bairros, entre eles Jardim Tijuca, Zé Pereira e Santa Emília. Além da água, a temperatura também caiu de 24ºC para 19ºC e os ventos atingiram 45 km/h.

Um novo desmoronamento atingiu a avenida Ernesto Geisel. Com as chuvas deste mês, já são mais três trechos interditados. Sendo dois parcialmente e um cruzamento totalmente no Conjunto Aero Rancho. Além das erosões, até o barro vem causando transtorno para os moradores que se deslocam dos bairros da região sul em direção ao centro da cidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions