ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  24    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Em reunião com prefeitura, Estado cobra toque de recolher a partir de 20h

Geraldo Resende, já havia comentado com o Campo Grande News sobre o impacto pouco expressivo de um isolamento da meia-noite às 5h

Por Adriano Fernandes e Marcos Rivany | 25/11/2020 20:13
Secretário municipal de saúde, José Mauro Pinto de Castro Filho. (Foto: Paulo Francis)
Secretário municipal de saúde, José Mauro Pinto de Castro Filho. (Foto: Paulo Francis)

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) defendeu que o toque de recolher comece a partir das 20h em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (25), na sede da secretaria, em Campo Grande. Mais cedo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, já havia comentado com o Campo Grande News sobre o impacto pouco expressivo de um isolamento da 0h até 5h em meio ao surto do vírus.

A prefeitura ainda não deu um parecer sobre a possibilidade de ampliar o horário toque de recolher, mas adiantou que deve contratar mais médicos para reforçar o atendimento aos pacientes diagnosticados e com suspeita da doença. O edital de convocação dos profissionais deve ser divulgado até sexta-feira (27).

“A prefeitura vai publicar um novo decreto para a contratação de 25 novos médicos para atuar na linha de frente”, comentou o secretário municipal de saúde, José Mauro Pinto de Castro Filho. Novos leitos de atendimento também serão ativados, mas ainda não há uma quantidade definida.

“O foco no momento é continuar monitorando o novo decreto para ver se ela vai surtir efeito”, ainda segundo o secretário. Além dos secretários da saúde do Estado e município, também participaram do encontro a secretária-adjunta estadual de saúde, Christine Maymone e o o secretário de Planejamento e Finanças, Pedro Pedrossian Neto. Todas as demandas apontadas pela Ses também serão encaminhadas ao prefeito Marquinhos Trad (PSD)

Retorno – Anunciado na manhã desta quarta-feira (25) o toque de recolher na Capital, de meia-noite às 5h, vai durar 15 dias e pode ser renovada conforme o número de casos. Também serão feitas blitze educativas a partir de 1h. O toque de recolher chegou ao fim no dia 15 de outubro na Capital. Mas desde 16 de novembro a curva da covid voltou a crescer.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário