ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Toque de recolher não vai controlar covid, avalia secretário de Saúde

Toque de recolher deve ser rediscutido entre prefeitura e governo durante reunião no fim do dia

Por Ana Oshiro | 25/11/2020 14:15
Geraldo diz que toque de recolher a partir da meia-noite não impacta em pandemia (Foto: Marcos Maluf)
Geraldo diz que toque de recolher a partir da meia-noite não impacta em pandemia (Foto: Marcos Maluf)

Para Geraldo Resende, secretário estadual de Saúde, a medida tomada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), na manhã de hoje (25), não vai resolver problemas com falta de leitos para Covid-19 na Capital. Em reunião marcada para o fim do dia, o toque de recolher anunciado deve ser rediscutido.

"Acho a medida muito frágil. Um toque de recolher da meia noite até cinco horas não tem impacto, não impacta na covid, não impacta em outros agravos, principalmente em acidentes automobilísticos, acidente de motos, e hoje voltou aquilo que era antes da pandemia e que ocupa leitos de UTIs em grandes quantidades."

Segundo Geraldo, a reunião terá participação do governador Reinaldo Azambuja, do prefeito Marquinhos Trad, do secretário municipal de saúde e do próprio Geraldo. Ainda sem local definido, a reunião servirá para que as equipes técnicas do governo e município elaborarem medidas de enfrentamento à pandemia de maneira conjunta.

Em entrevista ao Campo Grande News, pelo telefone, Resende disse que achou a medida do prefeito precipitada. "A prefeitura tomou algumas decisões que deveriam ser aguardadas para serem tomadas depois da reunião que teremos hoje. Agora vamos tentar rediscutir e ver se temos condições de modificar as medidas que o prefeito já tomou", explica o secretário.

Questionado sobre o horário ideal para o toque de recolher surtir efeito, Geraldo Resende afirmou que especialistas, ouvidos pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), orientam que o toque de recolher seja das 20h às 5h, mas sabe que isso impactaria em outras áreas, por isso defende o toque de recolher a partir das 22h, que assim já causaria um melhor impacto em relação a ocupação de leitos.

"Vamos fazer a discussão com a equipe técnica para que nós possamos levar subsídios a todos os gestores, não só ao prefeito de campo grande, pra que tomem decisões de toques de recolher com maior elasticidade e não tão pequeno como esse", finaliza Geraldo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário