A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/11/2013 11:52

Empresa que chamou cliente de otário pode pagar multa de R$ 3 milhões

Luciana Brazil

A empresa de telefonia Claro pode receber multa de até R$ 3 milhões depois de enviar uma correspondência a um cliente chamando o mesmo de "otário chorão".

O caso veio à tona na terça-feira (19). O empresário de Campo Grande Cesar Medeiros, 42 anos, recebeu a fatura da televisão por assinatura com o xingamento “otário chorão” no lugar onde se escreve o nome do destinatário.

Segundo o superintendente do Procon, Alexandre Rezende, a penalidade administrativa para a empresa pode ser alta, caso fique comprovado também a má qualidade no atendimento e o tempo de espera acima do permitido por lei, além do xingamento. A multa pode variar entre R$ 300 e R$ 3 milhões.

“Existem três competências. Uma é a questão administrativa que o cliente deverá resolver na Decon (Delegacia de Crimes contra o Consumidor) sobre o nome e o xingamento. Outra é a questão do valor da fatura que já foi corrigido, e o outro assunto é relativo ao SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) que será resolvido pelo Procon. Nós vamos levantar as informações para saber como foi atendimento”, explicou.

Rezende afirmou que se o cliente se sentir lesado, como é o caso, deverá acionar a justiça solicitando uma indenização.

Indignação - Cliente da Claro há mais de sete anos, Cesar disse que entrou em contato com a empresa para participar de uma promoção da televisão por assinatura, mas não conseguiu. 

“Vi na internet que o valor da tv por assinatura estava mais barato do que o que eu pagava. Entrei em contato com eles para me incluir na promoção. Mas eles disseram que o valor só era válido para clientes novos”. Cesar lembra que ligou apenas uma vez para a Claro.

No mês seguinte, além do xingamento, a fatura chegou com valores de cancelamento e ativação do produto de televisão por assinatura, o que ele não tinha feito. "Eu pagava R$ 169 e a fatura veio com o valor de R$ 215", explicou. 

 “Quase 20 dias depois da minha ligação a fatura chegou à minha casa e eu quase não acreditei”, afirmou.

Cesar entrou em contato com a empresa, questionando a correspondência, mas não recebeu resposta. "Tentei resolver o problema diretamente com eles e me pediram que eu esperasse 48 horas, mas não retornaram". Porém, o valor da conta foi corrigido pela empresa. 

Agora, Cesar pretende esperar até segunda-feira (25) para tomar uma decisão sobre o caso.

“A empresa entrou em contato comigo na terça-feira (19) depois de ver na mídia a matéria. Me pediram que eu espere cinco dias quando eles vão me retornar dizendo o que será feito. Vou esperar até segunda”, disse.

Ele contou que acredita que o atendente da Claro tenha trocado seu nome no cadastro durante o atendimento.

Indignado, Cesar espera que a empresa se retrate. “Quero que eles se exponham como eu estou me expondo. Quero que eles publiquem uma carta se redimindo do erro”, pede o empresário.

Claro - A empresa informou, por meio da assessoria, que vai adotar medidas e providências para solucionar a questão. Sobre a mudança no nome do cadastro, a empresa disse que esse tipo de conduta não está de acordo com os princípios e valores da companhia.



Essa multa ainda ficou barata..........
 
Luiz Da Silva em 22/11/2013 01:46:30
Tem como mudar o nome do usuário sim SR.LUIZ DE FATIMA FRANÇA.
Basta o operador entrar no cadastro e fazer a alteração.
E mais: O serviço de atendimento por telefone no Brasil é o pior do mundo. Nada funciona.
Atendentes mal preparados.
Tem gente de má fé? Sim tem. Mas operadoras dão show a todo momento deste tipo de coisa.
 
NEI SOARES em 22/11/2013 00:12:05
eu estava pensando em sair da sky, e fazer um paco só na Claro e no momento acho que vou continuar pois mais 10 anos
 
kerman murad em 21/11/2013 19:03:42
Sempre tenho problemas com empresas de telefonia... e resolvo direto na ANATEL. A Anatel resolve mesmo... já o PROCON não sei.
 
Lincoln Cezar Godoeng em 21/11/2013 17:59:49
Torço para que o valor dessa indenização doa de verdade aos bolsos da operadora, que além de oferecer serviços que vão perdendo a qualidade com o tempo por valores que se tornam exorbitante ainda colocam a nos atender pessoas totalmente desqualificadas, sem preparo algum, mal resolvidas, mal amadas....sou da seguinte opinião: tem mais é que indenizar o Srº Cesar Medeiros, e muito bem indenizado...vamos ver quem vai ser o otário chorão no final dessa história.............#indignada#prontofalei#
 
Margareth Pistere em 21/11/2013 17:37:16
3 milhões seria uma indenização absurda. Pois, afinal das contas, vão embutir o custo no preço do plano dos demais clientes (ou deixar de fazer investimento na rede, afetando a qualidade).
Uma indenização no valor de vários anos de uso do plano, ou ate plano vitalicio ate que pode, mas tem que ter equilibrio entre o dano e o valor da reparação!
 
Marcos da Silva em 21/11/2013 16:28:11
Se os boletos da Claro fossem escritos manualmente, eu até acreditaria nessa história absurda, mas não tem como mudar o nome do cliente no sistema, isso é invenção de alguém que quer aparecer, igual o Rato na Coca-Cola, estão querendo faturar uma graninha, vão trabalhar.
 
LUIZ DE FATIMA FRANÇA em 21/11/2013 16:04:13
Sr Nei Salviano, SUCESSO é assim que se escreve....(publicitário) tem acento agudo....
 
Marco César em 21/11/2013 16:00:04
Nossa que horrível essa situação, eu acho que o cliente lesado deveria sim ir em todos os órgãos pra buscar uma indenização da empresa, não deve esperar não por retratação, essas grandes empresas não aprendem até passarem por uma vergonha em rede nacional(mídia) e no lado financeiro, com um
a gorda indenização pra aprenderem a respeitar os clientes, é obvio que o atendente ficou chateado e descontou no cliente, mas a Claro tem que ser punida severamente.
 
Cristiane Martins em 21/11/2013 15:57:01
Realmente a conduta do atendente foi infeliz. Mas a empresa que presta serviço ao call center da claro , como todas as outras do ramo , visa lucro , metas inatingiveis pelos funcionarios sob diversas penalidades e isso reflete na qualidade do atendimento.
O cliente muitas vezes liga estressado com razão , o atendente muitas das vezes sabe que o cliente está certo mas não pode concordar sob pena de advertencia , perder o emprego e outras ameaças baratas. Mas para o atendente ter feito isso , o cliente pode no minimo ter se alterado, mas se não se alterou no minimo o atendente fez a barbeiragem de olho em algum premio pela meta de adesao a nova promocao sem que o cliente soubesse das multas. Tem muito disso nos call centers do Brasil
 
Karla Cavalcante de Jesus em 21/11/2013 15:48:44
Também já passei por vários constrangimentos com a empresa de tv/telf/net. Já fiquei 3 horas ao telefone para tentar reclamar faturas com valores absurdos. Tenho um pacote de 169 reais e já recebi faturas de 1.400 reais. Parece que essas empresas acham que são intocáveis e podem fazer o que bem entendem com os seus clientes. Até quando? Não estamos pedindo serviços de graça. Eu quero pagar o que eu combinei!!!
 
Teodora Fernandes em 21/11/2013 15:09:39
Se ele não pedir indenização realmente é Otário
 
Evelyn Freitas em 21/11/2013 14:22:44
Sou cliente claro a tantos anos que perdi de quantos, até hoje sempre fui muito bem atendida, mas existe pessoas que estão no emprego errado, deveriam estar em um circo como palhaços fazendo gracinhas, e fazem brincadeiras de mau gosto expondo a Empresa em que trabalham, o mínimo que deve ser feito é descontar do seu salario pelo menos parte do valor da multa, ser justo com o cliente, e demitir o funcionário para que vá fazer graças em outro lugar.
 
Teresa Moura em 21/11/2013 13:54:55
Senhor Cesar, deveria entrar com processo mesmo, para essas empresas de telefonia e de tv, pararem de cobrar valores absurdos e um serviço de m@#%#. É pra doer mesmo no bolso dessas empresas, vamos ver se assim dão mais valor nos clientes. Isso não pode ficar assim. Na hora de oferecer os produtos e serviços, são ótimos, educados e tudo rápido, na hora que queremos algo, desconto, assistência ou cancelar, dão mil e uma desculpas, prazos, horas de espera.
 
Juliana Baptista em 21/11/2013 13:35:39
O que mais incomoda é que as empresas sabem perfeitamente que somos otarios, quando aceitamos um contrato unilateral, em que só nós temos obrigação e quando anunciam uma promoção dizem que é valida por pouco tempo e logicamente vai aumentar e muito a seguir e nós, otarios contratamos, e tambem não podemos desistir antes de um ano pagando as mensalidades que aumentam mes a mes. Tem razão a CLARO, SOMOS OTARIOS.....
 
Horlando P. de Mattos em 21/11/2013 12:38:44
Susesso no processo, assim essas "empresas" respeitam mais seus consumidores.


NEI SALVIANO
publicitario
 
nei salviano em 21/11/2013 12:29:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions