A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/07/2014 14:34

Enfermagem discorda de proposta, mas suspende greve até dia 23

Filipe Prado

Mesmo sem concordar com proposta da Justiça do Trabalho de reajuste de 8% no salário base, o Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul) suspendeu a greve dos trabalhadores da Santa Casa até o dia 23 de julho, quando será feita uma nova audiência de negociação do aumento.

Durante a assembleia a proposta foi apresentada para os enfermeiros, que não concordaram com a porcentagem, mas prometeram suspender temporariamente a greve na Santa Casa. “O objetivo da reunião foi passar a proposta para os enfermeiros, mas não foi colocado em votação”, explicou o presidente da Siems, Lázaro Santana.

No dia 22, que antecede a audiência, Lázaro afirmou que a diretoria do sindicato irá se reunir para decidir uma contraproposta, pois o valor apresentado “teve um percentual muito abaixo do pedido”, admitiu o presidente do sindicato.

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região propôs reajuste de 8%, que voltará a ser discutido em nova reunião, prevista para 23 deste mês.

Na assembleia realizada ontem (2) no Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, presidida pelo desembargador Nery Sá de Azambuja, os técnicos e enfermeiros reduziram o índice de reajuste de 16,4% para 12%, enquanto o hospital manteve a proposta de aumento de 6%.

O diretor-presidente da instituição, Wilson Teslenco, afirmou que o hospital continua com as contas no vermelho e deve fechar neste ano com um déficit de R$ 28 milhões.

Atualmente, o gasto da Santa Casa com o pagamento de salários dos funcionários soma R$ 11 milhões por mês. O repasse do SUS (Sistema Único de Saúde) é de R$ 15 milhões mensais.

Teslenco alertou que o reajuste pode ter efeito cascata, já que o mesmo reajuste pode ser concedido para outras categorias. Os trabalhadores em enfermagem também pediram a elevação do valor do abono de assiduidade, que passaria de R$ 147 para R$ 199. O hospital propôs R$ 163,92.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions