A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/06/2015 12:11

Enfermeiros pedem apoio de vereadores e exigem reunião com prefeito

Flávia Lima e Juliana Brum
Enfermeiros foram a Câmara pedir apoio de vereadores. (Foto:Marcos Ermínio)Enfermeiros foram a Câmara pedir apoio de vereadores. (Foto:Marcos Ermínio)

Durante sessão itinerante da Câmara Municipal, os enfermeiros da rede municipal afirmaram aos vereadores que aceitam encerrar a greve da categoria, que teve início no sábado (20), caso o prefeito Gilmar Olarte marque uma reunião para ouvir as reivindicações da categoria.

"Não precisamos negociar diretamente com ele, mas fazemos questão que ele nos ouça pelo menos uma vez", disse o representante da categoria, Ederson Fritz. Segundo ele, os enfermeiros não querem ter um primeiro contato com o secretário Wilson do Prado, aceitam apenas continuar as negociações com ele após o encontro com Olarte.

O líder do prefeito, vereador Edil Albuquerque (PMDB), se reuniu com os membros do Conselho de Saúde da Câmara e disse os enfermeiros que vai agilizar, com o vereador Paulo Siufi (PMDB), uma reunião com o prefeito tão logo ele retorne de Brasília.

"Saúde é emergência e não pode ficar parado", destacou Siufi. De acordo com Fritz, 50% da categoria está em greve e que 30% mantém os serviços nas unidades de saúde para cumprir lei.  

A sessão itinerante acontece no Conselho de Arquitetura e Urbanismo, no bairro Jardim dos Estados e contou com a presença de pelo menos 500 enfermeiros. Eles pedem reajuste de 8,5% correspondente à reposição da inflação.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions