A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

13/10/2013 08:13

Enquanto planos cobrem 18 exames no Teste do Pezinho, SUS se limita a 7

Mariana Lopes
Luciana levou o filho Davi Lucas, de 4 dias de vida, para a o Teste do Pézinho e lamenta que o SUS tenha uma cobertura tão limitada (Foto: Marcos Ermínio)Luciana levou o filho Davi Lucas, de 4 dias de vida, para a o Teste do Pézinho e lamenta que o SUS tenha uma cobertura tão limitada (Foto: Marcos Ermínio)

Orientado pelos médicos, o Teste do Pezinho é praticamente obrigatório fazer em todo recém-nascido, para detectar possíveis doenças, como anemia, deficiências que podem resultar em convulsões, fraqueza dos ossos, além de retardos mentais e outros problemas.

Através do sangue coletado do calcanhar do bebê, o laboratório faz uma bateria de exames de triagem das patologias. Contudo, enquanto pacientes de planos de saúde têm direito a até 18 exames, quem é atendido pelo SUS (Sistema Único de Saúde) consegue apenas sete.

O atendimento público cobre apenas os exames mais básico, como TSH, T4, PKU, 17 OH Progesterona, IRT, hemoglobinas e toxoplasmose IgM.

Pela Cassems, são 16 exames e é preciso pagar uma taxa de R$ 10,50. Além dos 7 exames do SUS, o plano cobre ainda galactose, G6PD, biotinida, cromatografia, Doença de Chagas IgM, MSUD, sífilis IgM, rubéola, IgM e herpes IgM.
A Unimed cobre, ao todo, 18 exames, sendo todos do pacote da Cassems, incluindo ainda os de citomegalovírus IgM e HIV.

Fora dos planos de saúde, o mesmo pacote custa R$ 175. O mais completo, que é feito somente no particular, cobre 55 exames e custa R$ 380.

Diante de tamanha diferença, a técnica de laboratório Luciana Batista Lopes, 30 anos, mãe de primeira viagem, lamenta que o SUS tenha uma cobertura tão limitada.

“Poderia ser melhor, me sinto prejudicada, pois não tenho condições de pagar o preço do pacote completo, afinal, é a vida do meu filho”, reclama Luciana, mãe do pequeno Davi Lucas. Ela levou o filho para fazer o Teste do Pezinho com 4 dias de vida.

De acordo com a responsável do posto de coleta do Iped (Instituto de Pesquisa, Ensino e Diagnóstico) da Apae, Franciely Armada, o laboratório recebe, em média, 50 coletas por dia, de todo o Mato Grosso do Sul, para fazer os exames do teste do Pezinho, sendo a maioria de pacientes do SUS.

Segundo o presidente da Sociedade de Pediatria de Mato Grosso do Sul e do Conselho de Medicina do Estado, Alberto Cubel Brull Junior, o Teste do Pezinho é importante para identificar doenças raras e o percentual positivo é bem baixo, porém, se diagnosticadas com antecedência, pode evitar seqüela ou piora.

Ele explica que o SUS seleciona as sete principais doenças, cujo número de resultado positivo é maior. “O ideal é que se fizesse o mais completo em todos os bebês, mas o dinheiro do sistema público é limitado, então, dentro do custo beneficio, é uma cobertura razoável”, comenta Cubel.



Alerta aos pais q procuram este serviço: em 23.09.13, levei meu filho p/ realizar esse exame no IPED (Inst. de Pesq., Ens., e Diagn. da APAE de CG) - unid. Maternidade (R. Arthur Jorge). Lá estando, resolvi pagar (particular) o pacote + completo, desembolsando a considerável diferença dos exames q o plano de saúde ñ cobre. O pézinho do meu filho foi furado 2x p/ ter sangue suficiente. Após aguardar o prazo de entrega, peguei o resultado e o levei à pediatra. Descobrimos q faltava o diagnóstico da grande maioria dos exames q foram contratados. Voltei à unidade, e espero p/ hj a solução do caso. A responsável falou em qualidade do serviço, em me entregá-los agora, fora do prazo. Resultados fora do prazo ñ são confiáveis. Só eles realizam o pézinho, s/ concorrência. Quero meu $ de volta.
 
FLÁVIO CARVALHO em 14/10/2013 03:41:20
O SUS poderia cobrir mais os outros tipos de exames meu filho fez com 3 dias de vida e com 1 semana teve que fazer a recoleta e constatou Deficiência Biotina que Graças a o meu bom Deus o SUS começou a cobrir no mês de Julho... Fico pensando se meu filho não tivesse detectado só saberia dessa Def. com estagio avançado.. imagino qtas crianças que deve ter feito quando o SUS não cobria e tem esse problema e ainda os pais não sabem do problema...
 
Luciana Santos em 13/10/2013 15:03:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions