A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

13/12/2016 15:13

Enxurrada invade borracharia e prejuízo pode chegar a R$ 1,5 mil

Segundo funcionários, esta não é a primeira vez que o local fica alagado

Luana Rodrigues e Christiane Reis
Água invadiu borracharia na Avenida Ernesto Geisel, com Euler de Azevedo. (Foto: Christiane Reis)Água invadiu borracharia na Avenida Ernesto Geisel, com Euler de Azevedo. (Foto: Christiane Reis)

A enxurrada trazida pelas chuvas da tarde desta terça-feira (13) invadiu uma borracharia na Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande. Do lado de dentro do comércio, o nível da água alcançou os 20 centímetros e o local ficou completamente alagado.

De acordo com o alinhador de veículos, Ivan Junior, 33 anos, esta não é a primeira vez que o local é invadido pela água da chuva. "Toda vez que chove a água chega até aqui. Aí temos que limpar todo o barro do lado de dentro, alguns equipamentos acabam comprometidos", diz.

O prejuízo causado pela chuva de hoje ainda não foi calculado, mas segundo Junior, pode chegar a R$ 1,5 mil.

Problema recorrente - Sempre que chove, a Avenida Ernesto Geisel se torna um dos pontos mais críticos na cidade. Nesta terça-feira (13), motoristas que seguiam nos dois sentidos da avenida tiveram que parar os carros, antes da rotatória com a Rachid Neder, porque o local estava alagado. Quem se arriscou a enfrentar a água, acabou encharcado.

Para tentar evitar riscos a motoristas, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), interditou a Rua Eça de Queiroz, no cruzamento com a Ernesto Geisel. Segundo o responsável pela operação, outros pontos da cidade também estão interditados, mas eles não soube explicar quais, nem a quantidade.

Rotatória da Ernesto Geisel com a Euller de Azevedo completamente alagada. (Foto: Christiane Reis)Rotatória da Ernesto Geisel com a Euller de Azevedo completamente alagada. (Foto: Christiane Reis)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions