A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/12/2015 22:20

Epidemia de dengue também lota hospital particular e espera chega a 4 horas

Flávio Paes
Mais de 30 pacientes aguardando na recepção pelo atendimento (Foto do Leitor)Mais de 30 pacientes aguardando na recepção pelo atendimento (Foto do Leitor)

Além das unidades de saúde da rede pública de Campo Grande, onde são constantes as reclamações sobre a demora no atendimento, a epidemia de dengue está impactando também a rede privada. Na Clinica Campo Grande, hospital que atende pacientes particulares e dos planos de saúde, nos últimos dois dias, tem esperando até quatro horas para serem atendidos.
“Desde domingo tenho ido ao hospital levar minha mãe, que estava com suspeita de dengue hemorrágica, precisa fazer o acompanhamento diário das plaquetas. Todo dia é mesma coisa. São apena dois médicos no pronto atendimento. Anteontem, cheguei a tarde e só consegui sair perto da meia-noite”, desabafa Jessíca Godoy, inconformada com a situação.

Conforme seu relato, na segunda-feira, só para fazer a triagem, foram duas horas de espera. “Havia 30 pacientes aguardando na recepção”, assegura. Nesta terça-feira a espera foi menor (chegou às 16h30 e saiu às 20h30) porque desta vez sua mãe, funcionária pública de 45 anos, não precisou tomar soro.

Em contato com o hospital, uma funcionária que atendeu a reportagem, admitiu que de fato o atendimento está demorado, mas atribuiu o problema a epidemia dengue. “Estamos recebendo pacientes que passaram pelo posto com febre alta e dor no corpo. O médico indicou o exame de sangue , mas eles trazendo o pedido aqui ”, informa.

No Hospital Regional,o pronto atendimento está lotado, com 90 pacientes, quando a capacidade é para 61. Na ala vermelha, onde ficam aqueles em estado mais grave, há 14 pacientes, quando deveriam estar só 7. Na azul, são 40, para 18 vagas disponíveis.

Homem tem picape roubada em conveniência no Bairro Universitário
Homem de 27 anos teve a picape roubada em uma conveniência, por volta das 23h de ontem (14), na Avenida Guaicurus, no Bairro Universitário, região su...
Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions