A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/11/2015 16:57

Equipe constata formação de novo lixão em área ao lado de aterro

Na manhã de hoje, um caminhão caçamba foi flagrado despejando entulho no local

Michel Faustino
Moradores denunciaram formação de lixão ao lado de UTR. (Foto: Divulgação)Moradores denunciaram formação de lixão ao lado de UTR. (Foto: Divulgação)

O descarte irregular de lixo em uma área pública ao lado da UTR (Unidade de Triagem de Resíduos), anexa ao aterro sanitário, em Campo Grande, chamou a atenção e tem gerado muitas reclamações de moradores da região do residencial José Teruel Filho e Dom Antônio Barbosa, ambos localizados próximos ao local.

A situação despertou a atenção também das autoridades, e com base nas denúncias dos moradores, foi montado um grupo técnico formado pelo presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente da Câmara Municipal, vereador Eduardo Romero (Sustentabilidade), Polícia Militar Ambiental e Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), que visitou o local na manhã desta segunda-feira (23).

No momento em que o grupo vistoriava a área, um caminhão caçamba carregado de entulho foi flagrado no momento em que se preparada para fazer o descarte de entulho no local. O condutor do veículo foi advertido e notificado por crime ambiental.

Flagrante de podas de árvore, frutas e verduras, animais mortos, entulho de construção, lixo eletrônico tomam conta da área, que foi medida pela PMA para identificação via GPS. No local a presença de coletores de recicláveis também é constante, inclusive de crianças acompanhando os pais.

Extração irregular – O grupo também visitou às marges do Córrego Formiga, onde há denúncia de retirada de areia de forma irregular. Não houve flagrante da retirada, mas a técnica da Semadur apontou a ausência de mata ciliar por ação de humanos.

Embora o leito assoreado, desbarrancados e ausência de mata ciliar, há muita abundância de fauna no local como araras que constroem ninhos em troco secos de buritizal.

O proprietário deve ser identificado e ele receberá uma notificação para que faça replantio de árvore e recupere o local, bem como relatório técnico que será encaminhado para outros órgãos como o Ministério Público.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions